segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O Amor

O amor não vê raça, cor, credo
Não vê sexo, gênero, profissão, bens
Ele não se importa com a idade, com a altura, o tipo físico
Muito menos com o gosto que se tem

O amor acontece
Não é programado
Nem premeditado
Ele não obedece aos nossos planejamentos
Não se importa com a razão, com a confusão que nossas mentes criam
Ele transforma tudo por dentro

Ele chega devagar e devastador
Faz florescer nos solos mais áridos
Ilumina a mais forte escuridão
Com ele somos mais cálidos

Traz planos pra quem não os tinha
Esperança aos desafortunados
Ele mostra o que não se via
Elimina o arbitrário

Revela as mais lindas sutilezas
Nos faz agir com mais delicadeza

E ao contrário do que pensam
Quem ama não fica cego
Nem mesmo o amor é cego
Quem ama enxerga o invisível
E não nota o desprezível

Há muitos contrários ao amor
Pessoas pobres de coração
Elas não sabem o que é amor
Não sabem o que é o perdão

Não amam e não deixam amar
Se preocupam em atrapalhar
Não vivem suas próprias vidas
Querem viver a de quem está a amar

Com o amor há mais Vigor
Com ele há mais Disposição
Os que amam vivem em Esplendor
Os que não em Exasperação


Gabriela Grecco
26/10/2015

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.