quinta-feira, 26 de março de 2009

Bissexualidade em mulheres não é só modinha

A bissexualidade entre as mulheres não é apenas uma fase transitória, segundo um estudo da Universidade de Utah, que acompanhou 79 mulheres não heterossexuais durante dez anos. A pesquisa, dirigida por Lisa Diamond, da Universidade de Utah, e publicada pela revista Developmental Psychology, da Associação de Psicologia dos Estados Unidos, descobriu que as mulheres bissexuais continuam sentindo-se atraídas por ambos os sexos ao longo do tempo.
Diamond é autora do livro Sexual Fluidity que descreve a prática de muitas mulheres que têm relações heterossexuais e homossexuais de forma simultânea ou alternada.Segundo ela, duas em cada três mulheres entrevistadas em seu estudo tinham mudado sua preferência sexual pelo menos uma vez." Muito disto tem a ver com o fato de que até as mulheres com orientação lésbica freqüentemente se sentem atraídas por homens", explicou Diamond." Algumas mulheres dizem: 'não se pode chamar de lésbica alguém que sai com um homem'', apesar de essa ser a melhor descrição da situação'. E por isso deixam de ser catalogadas totalmente", acrescentou.Uma das mulheres entrevistadas por Diamond, Sheila, primeiro se identificou como bissexual, dois anos depois disse que se sentia atraída por mulheres, mais tarde ficou noiva de um homem, e mais adiante decidiu que queria ficar com mulheres." Nossas conclusões demonstram que a diferença entre lesbianismo e bissexualidade é mais um assunto de grau que de substância", indicou a autora do estudo.A pesquisa das orientações sexuais teve "avanços significativos nos últimos 20 anos, mas uma área continua muito mal investigada, a bissexualidade", disse Diamond.Em parte, o problema é a definição de bissexualidade, já que muitos pesquisadores e leigos vêem essa opção como um padrão de resposta erótica a ambos os sexos." Mas até este conceito amplo deixa muitas perguntas sem resposta", ressaltou Diamond."Qualquer instância passageira de atração por uma pessoa do mesmo sexo conta, ou os bissexuais devem experimentar atrações regulares, fortes e sustentadas por pessoas dos dois sexos?", questiona.

fonte:EFE

RETIRADO DO BLOG: http://wwwpardalvalente.blogspot.com/2008/01/bissexualidade-em-mulheres-no.html

terça-feira, 10 de março de 2009

Ainda me impressiono

Eu ainda fico impressionada com a prepotência das pessoas. Se julgam superiores porque fazem isso ou aquilo e o escambau! Enquanto a idade e o conhecimento deveriam significar sabedoria, eles acabam, erroneamente, se tornado sinônimos de superioridade. Porque, infelizmente, não foram realmente "digeridos" como deveriam! Aquele velha história da pessoa que sabe mais ou a mais velha dizer para a que sabe menos ou para a mais nova: Eu já sei disso, já sei daquilo, já vivi isso e vc não, não preciso da sua ajuda. E não se permite aprender coisas novas. Pois é, há uma grande diferença entre VIVÊNCIA E EXPERIÊNCIA . Por isso se explica a pessoa viver sempre a mesma situação e sofrer e/ou agir sempre do mesmo jeito! Porque de nada adiantou passar por aquilo, não tirou nenhuma experiência da situação (E ainda me falta tornar essas vivências em experiências para eu deixar de me impressionar!) . E além disso, usar esse seu pseudo-conhecimento ou experiência, de desculpa para não estar aberta às novas EXPERIÊNCIAS. Se achar sabidona de tudo!!!
Exemplo disso tive esses dias, que uma pessoa, que se acha a salvadora da pátria, escreveu asneiras sobre mim, porque simplesmente banquei a idiota e divulguei aqui um texto (que essa pessoa repassou para outras) que me foi repassado por uma amiga e eu perguntando se poderia divulgar no blog, essa amiga disse que sim. Pois bem, divulguei e coloquei todos os créditos que me foram dados, inclusive o mesmo título! Que foi o que deu o rolo, por ser o título também de um grupo, pelo que entendi. Mas a culpa de tudo o que aconteceu não foi dessa amiga, foi da outra pessoa, que por fazer atividades diferentes das demais, se julga superior e acha que pode sair falando por ai, usando o nome das pessoas! Eu já enviei um e-mail a essa alucinada, que não me respondeu, esclarecendo tudo. Ela poderia ter falado comigo antes de sair falando meu nome por aí. Mas não, preferiu bancar a moralista e falar por ai tudo que bem entendesse. Que tirou conclusões em poucos minutos.
Então, justamente na mesma semana eu vi um especialista falando sobre crimes da internet e esse seria um crime de difamação, que dá cadeia! Se não me engano até dois anos!
É claro que não farei isso, espero que a pessoa tenha retirado o que disse no seu e-mail extremamente ofensivo, onde me comparava à bandidos e pessoas que agem de má fé!
Isso porque minha intensão foi só divulgar um belíssimo texto, extremamente explicativo e importante, para os amigos internautas.
Para quem não sabe, isso se chama fascinação, O LIVRO DOS MÉDIUNS explica bem! Uma pessoa fascinada faz as coisas sem pensar, enxerga as suas "realidades"! É um caso de obsessão. Espero que essa pessoa e uma outra, que agora pouco vi uma mensagem no orkut, possam ler, pois se acham no direito de julgar quem bem entender! Suas filosofias são as únicas verdadeiras no mundo ao seu ver!
Na verdade, todos nós temos que ler, porque todos em algum momento da vida, ou em todos eles, somos fascinados! Nos prendemos tão fielmente à ideais, que tiramos nossas próprias conclusões de tudo e vivemos com esse fantasma, que atrapalha tanto nossas vidas! E machuca tantos ao nosso redor! E como machuca! Eu sei bem disso, por já ter vivido as duas situações...
Falar todo mundo pode falar o que bem entender, mas a realidade de um é extremamente distinta da realidade do outro, e hoje há punições em nossas leis humanas para isso. Nas leis Divinas sempre houveram e elas não falham como as nossas!
Como Krishnamurti diz: "
O indivíduo é a entidade local, o habitante de qualquer país, pertencente a determinada cultura, uma dada sociedade, uma certa religião. O ente humano não é uma entidade local. Ele está em toda parte. Se o indivíduo só atua num certo canto, isolado do vasto campo da vida, sua ação está totalmente desligada do todo. Portanto, é necessário ter em mente que estamos falando do todo e não da parte, porque no maior está contido o menor, mas o menor não contém o maior. O indivíduo é aquela insignificante entidade condicionada, aflita, frustrada, satisfeita com seus pequeninos deuses e tradições; já o ente humano está interessado no bem-estar geral, no sofrimento geral e na total confusão em que se acha o mundo."
Nós temos que nos perguntar sempre o que somos! Acho que a maioria das pessoas está mais para indivíduo do que para ente humano! Se não o mundo não estaria desse jeito.
Bom, não preciso dizer mais nada... depois desse trecho do Krishnamurti aquele velho ditado se faz presente:
PARA UM BOM ENTENDEDOR, MEIA PALAVRA BASTA!

Ótima Semana

Gabriela

sexta-feira, 6 de março de 2009

Seja um idiota - Arnaldo Jabor

A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz!
A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?
Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota!
Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele. Milhares de momentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça? hahahahahahahahaha!…
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema? É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar? Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa. Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu? Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva. Pule corda! Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único “não” realmente aceitável. Teste a teoria. Uma semaninha, para começar. Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras.
Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir… Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho
gostoso agora? “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios”.
“Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche”.

Arnaldo Jabor

quinta-feira, 5 de março de 2009

Abandonada pela mãe, menina é criada por cachorros

Não tem nem o que discutir sobre os sentimentos dos animais!

Pense bem antes de comer carne!
São 95 vidas valiosas que vc mata por ano!
Não há distinção entre os animais! Por que alguns são de estimação e outros para comer?

Pense nisso!

Ótima lição de vida, vinda de doces cãozinhos!

Boa semana
Bjss
Gaby

PS: Notícia recebida pelo amigo Júlio do

ACVEG

Atitude & Consciência. Veg




Uma menina de 3 anos foi encontrada por funcionários de serviço de assistência social da cidade de Ufa (Rússia) sendo criada por cães. Madina, que estava nua, foi abandonada em casa pela mãe alcoólatra, de 23 anos.

Madina só conhece duas palavras: 'sim' e 'não'. Ela apenas engatinha, imitando os cachorros, e, quando pessoas se aproximam dela, a menina rosna como um cão.

Segundo a investigação, Anna, a mãe negligente, comia à mesa enquanto Madina disputava comida no chão com os cachorros. A mulher constantemente desaparecia para beber na rua.

"A menina é angelical, mas foi privada de amor e carinho, exceto dos cachorros", contou uma assistente social que está cuidando do caso.

"Os cachorros se tornaram os melhores amigos dela e a esquentavam nos dias mais frios", acrescentou.
Ao ser presa, Anna disse que cuidava bem da filha. O pai desapareceu logo após o nascimento.



Matéria Retirada do site O Globo: http://oglobo.globo.com//blogs/moreira/post.asp?cod_post=165102

quarta-feira, 4 de março de 2009

TOMAR MAIS CUIDADO

OLÁ PESSOAS....

BOM, PEÇO DESCULPAS POR RETIRAR ALGUNS TEXTOS DO MEU BLOG.
EU, INFELIZMENTE, TIVE ALGUMAS CRÍTICAS PESADAS E QUE NUNCA ACHEI QUE RECEBERIA, POR TER DIVULGADO UM TEXTO AQUI. EU COLOQUEI TODAS AS FONTES POSSÍVEIS DO TEXTO, ORIGEM, ETC, MAS A PESSOA MUITO "ESPERTA" ACHOU QUE DIVULGUEI COMO SENDO MEU. SÓ PORQUE ESTAVA NO MEU BLOG. PENA, ELA DEVE TER SIDO MUITO PREGUIÇOSA E NÃO LEU TODO O POST E VISTO ISSO!

DE QUALQUER FORMA, VCS MEUS AMIGOS QUERIDOS, SABEM QUE EU NÃO AGI DE MÁ FÉ, ME CONHECEM BEM E ISSO PRA MIM BASTA. AS OPINIÕES DE OUTRAS PESSOAS NÃO VÃO ATINGIR O ÓTIMO ESTADO DE ESPÍRITO QUE ESTOU HOJE.

EQUÍVOCOS À PARTE, EU ESPERO TER MAIS CUIDADO E QUE AS PESSOAS TAMBÉM TENHAM AO TIRAREM SUAS CONCLUSÕES.

À PARTIR DE AGORA VOU TENTAR ME FOCAR NOS MEUS TEXTOS E DE AMIGOS PRÓXIMOS, PARA NÃO SOFRER NOVAMENTE ISSO.

ÓTIMA SEMANA À TODOS.

BJSS
GABY

Homossexualidade e Espiritismo

BOM, AQUI UM ÓTIMO TEXTO DE KARDEC E O COMENTÁRIO DE UM ESPÍRITA.
É MTO INTERESSANTE, PQ LEMBRA MTO O LANCE DAS PARÁBOLAS DE CRISTO, SÓ ENTENDE QUEM COMPREENDE! ENTENDERAM? RS
KARDEC FALA CERTAS COISAS NESSE TEXTO, QUE É PRECISO MTA ATENÇÃO E SABEDORIA PARA ENTENDER O VERDADEIRO SENTIDO.
EU, PARTICULARMENTE (TO FALANDO MTO ESSA PALAVRA, RS), JÁ LI MTOOO SOBRE O ASSUNTO, COMO TANTOS OUTROS VARIADOS. EU TENHO ESSA PÉSSIMA MANIA DE QUERER TER UMA OPINIÃO FORMADA SOBRE TUDO, MAS LEIO VÁRIOS AUTORES E TIRO MINHAS CONCLUSÕES DEPOIS DE MTO REFLETIR.
ESTOU CITANDO ISSO, PORQUE JÁ ACHEI MTAS AFIRMAÇÕES PRECONCEITUOSAS, EM LIVROS E TEXTOS ESPÍRITAS (NÃO DEVEMOS JULGAR A DOUTRINA PELA VISÃO LIMITADA QUE AS PESSOAS TEM), QUE MAIS PARECIAM UMA ORDEM DO QUE ENSINAMENTOS BENÉFICOS. CRISTO ÀS VEZES ERA DURO, MAS VEMOS CLARAMENTE QUE SUAS PALAVRAS SÓ EXALAM AMOR E COMPAIXÃO, DIFERENTE DE ÓDIO E CONDENAÇÃO.
HJ ESTOU NUMA ÓTIMA NOITE, VÍ O CONCERTO DO MAESTRO JOÃO CARLOS MARTINS NO PEDRO II. MAS ISSO É ASSUNTO PRA OUTRO DIA! RS. CITEI O MAESTRO, PORQUE PRA MIM, É UMA PESSOA QUE EXALA AMOR!!!

ENFIM, DEIXA EU PARAR POR AQUI.
ESPERO QUE LEIAM O ÓTIMO TEXTO ABAIXO.

Revista Espírita de 1866 - n° 1.

"Aos homens e às mulheres são, pois, dados deveres especiais,
igualmente importantes na ordem das coisas; são dois elementos que
se completam um pelo outro.

O Espírito encarnado sofrendo a influência do organismo, seu caráter
se modifica segundo as circusntâncias e se dobra às necessidades e
aos cuidados que lhe impõem esse mesmo organismo. Essa influência
não se apaga imediatamente depois da destruição do envoltório
material, do mesmo modo que não se perdem instantaneamente os gostos
e os hábitos terrestres; depois, pode ocorrer que o Espírito
percorra uma série de existências num mesmo sexo, o que faz que,
durante muito tempo, ele possa conservar, no estado de Espírito, o
caráter de homem ou de mulher do qual a marca permaneceu nele. Não é
senão o que ocorre a um certo grau de adiantamento e desmateriazaçã o
que a influência da matéria se apaga completamente, e com ela o
caráter dos sexos. Aqueles que se apresentam a nós ((em vidência
espiritual)) como homens ou como mulheres, é para lembrar a
existência na qual nós os conhecemos.

Se essa influência repercute da vida corpórea à vida espiritual,
ocorre o mesmo quando o Espírito passa da vida espiritual à vida
corpórea. Numa nova encarnação, ele trará o caráter e as inclinações
que tinha como Espírito; se for avançado, fará um homem avançado; se
for atrasado, fará um homem atrasado. Mudando de sexo, poderá, pois,
sob essa impressão e em sua nova encarnação, conservar os gostos, as
tendências e o caráter inerente ao sexo que acaba de deixar. Assim
se explicam certas anomalias aparentes que se notam no caráter de
certos homens e de certas mulheres.

Não existe, pois, diferença entre o homem e a mulher senão no
organismo material que se aniquila na morte do corpo, mas quanto ao
Espírito, à alma, ao ser essencial, imperecível, ela não existe uma
vez que não há duas espécies de alma; assim o quis Deus, em sua
justiça, para todas as suas criaturas; dando a todas um mesmo
princípio, fundou a verdadeira igualdade; a desigualdade não existe
senão temporariamente no grau de adiantamento; mas todas têm o
direito ao mesmo destino, ao qual cada um chega pelo seu trabalho,
porque Deus nisso não favoreceu ninguém às expensas dos outros."

Comentário

Que ser extraordinário este missionário Allan Kardec. No seu tempo,
sem comparações com o nosso, a homossexualidade era tida como algo
extremamente nefasto e uma doença.

Kardec, quanto ao mais, não se ateve às convenções, à falsa moral. E
faz um enfoque da homossexualidade em parâmetros de busca da
verdade, da essência.

Alguns analistas apressados poderiam argumentar que Kardec referiu-
se à homossexualidade como "anomalias aparentes", como se isso
tivesse o significado de uma anomalia à mostra. Somente a falta de
atenção, para não dizer má fé poderia estabelecer tal leitura.

Fica claro, cristalino, que Kardec referia-se a algo que aparentava
anomalia, mas que não era.

Fosse sua a interpretação de anomalia à mostra, é óbvio que tal
posicionamento seria seguido de comentário que chamasse os
homossexuais à razão, à assistência espiritual.

Não foi isso que Kardec fez. Muito ao contrário, ligou suas
afirmações aos ensinos dos espíritos, em "O Livro dos Espíritos",
onde se desenvolve o raciocínio que ele apresenta para falar da
igualdade de direitos do homem e da mulher, lembrando que o espírito
em si não tem sexo.

E continuando em seu raciocínio baseado no ensino dos espíritos
superiores, Kardec pontua que a troca de sexo visa o amelhar de
novas vivências na rota evolutiva, esclarecendo que tal
necessariamente não ocorre abruptamente. Segundo Kardec, de acordo
com o texto acima, é apenas quando o espírito tem seguidas
reencarnações em um sexo e ocorre a troca é que viria a manutenção
do estado psíquico anterior comum a este ou aquele sexo.

E o Codificador termina sua exposição falando da justiça de Deus,
que a ninguém privilegia, desfazendo também o espírito machista
milenar que levou à classificação social e até legal da mulher como
um ser inferior ao homem. Kardec desfez os enganos cometidos até
pelo apóstolo Paulo, que em sua Epístola aos Corinthios ordena
que "no templo as mulheres permaneçam caladas, e em tendo alguma
dúvida perguntem aos maridos em casa". O mesmo apóstolo Paulo que
também condenava a homossexualidade - em nome dos rigores desumanos
do Velho Testamento.

Há espíritas que ainda citam o Velho Testamento para condenar a
homossexualidade. É quando mais uma vez ignoram o bom senso de
Kardec, que até em relação ao Novo Testamento fez questão de
destacar a parte moral, esclarecendo que outras questões reportam a
costumes da época. O que Kardec destacou, especialmente, do Novo
Testamento foi o que ele chamou de "A verdadeira Moral, a Lei do
Amor".

Exatamente a Lei do Amor que tantos dirigentes, expositores,
articulistas e escritores espíritas estão trocando pela lei da falsa
moral - para compor com tradições e idéias ultrapassadas e desumanas
em relação à homossexualidade.


Foi tão resumida a exposição de Kardec sobre a homossexualidade, mas
extremamente esclarecedora. E ainda mais: avançadíssima para a sua
época, quando não havia nenhuma referência positiva no meio médico e
psicológico.

Na atualidade, desde a década de 90, Medicina e Psicologia já
retiraram da homossexualidade os rótulos de doença ou desvio. E até
a expressão homossexualismo foi abandonada.

Hoje, como é posssível saber, nem sempre o homemm ou a mulher
homossexual de agora estará passando por uma primeira mudança de
sexo. A esses casos (mesmo ignorando os conhecimentos de ordem
espiritual) a Psicologia chama de transsexualidade.

Quanto à população homossexual especificamente falando, ela é
constituída de seres exclusivamente passivos, exclusivamente ativos
e ainda os de vivência indefinida, casos que sem dúvida se reportam
igualmente às existências anteriores. No entanto, para seu tempo,
Allan Kardec já foi surpreendentemente além dos limites esperados.
É
que o amor não tem mesmo limitações. E Kardec foi um mensageiro da
Lei do Amor.

Paz e Luz
Edson Nunes

FONTE:http://lists.espiritismo.net/pipermail/espiritismonet-usuarios-l/2007-October/000375.html

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.