quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Doce!

Doce
Como é doce
Não precisa de enigma
Não precisa de charada
É apenas doce
Doce sentir

Dieta maldita!
Dieta constante!

Doce
Doce alucinante
Sim
Sim, eu poderia estar ali
A noite é tão fascinante
E o cárcere tão cruel
Por que cárcere então?
Não!
Mas o doce pode ser amargo
O doce é amargo
E o amargo é doce
Tudo que um dia foi doce
No futuro fica amargo
Ou não...
Sim, eu poderia estar ali
Doce
Apenas doce
Seu efeito passa rápido
Será então?!
Dieta maldita!
Dieta bendita!
Dieta necessária

Doce!

HAJA TINTA!!!


VI ISSO NO FACE E ESTOU POSTANDO AQUI NO BLOG.
POSTO TAMBÉM O MEU COMENTÁRIO.

 BORA FAZER ISSO EM RIBEIRÃO?!!!
SÓ NA "VELHA RIBEIRÃO PRETO" TERMO CRIADO POR MIM. PORQUE A NOVA RIBEIRÃO PRETO, AQUELA CORTADA POR "AQUELA" AVENIDA, A RIBEIRÃO DOS RICOS, A RIBEIRÃO DAS OPORTUNIDADES, ONDE AS PORTAS ESTÃO ABERTAS, NÃO PRECISA DISSO!!!!!
 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Incompreensível?



Muitos não compreendem.
Mas nem mesmo eu compreendo.

Na verdade talvez todos!

Enigmas, Charadas, Palavras, Frases, Olhares, Gestos que falam o que não dizem
Há de se ter inteligência e sagacidade para desvendar!
Há de se ser menos que mais UM pra dizer menos que mais UMA coisa esdrúxula sobre!

Vibrações variadas
A maioria bem pesada
Pensamentos mundanos
Conclusões precipitadas
Olhares reprovatórios
Uma reputação contrária

Mas em meio a tudo
Há "aquelas pessoas"
Com outras visões
Com pensamentos sutis
Com vibrações nada pueris
Pessoas boas de coração
Pessoas abertas
Pessoas sagazes
Pessoas pouco fugazes
Talvez que também não compreendam
Mas pessoas que não se limitam
Pessoas que não se contentam
Em se fechar em classificações banais!

Sim. Elas também não compreendem. Mas se permitem compreender.
E é muito bom saber, que realmente existem!
A chave da vida talvez, não está em saber o que tudo significa. Mas em não classificar o que não se sabe o que é. Em pré-determinar algo longe de se compreender.
Algumas pessoas usam escudos pra se proteger.

O "incompreensível" muitas vezes dá medo. Incomoda.
Eu também não compreendo. Mas nem por isso tenho medo.
Incomodada? Não. Outras coisas me incomodam. Não isso!

Gabriela Grecco

Foto: Taty Michele e Gabriela Grecco

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Mordiscadas, Mordidas

Mordiscar, Morder
Sentir, Degustar
Apreciar cada prazer
O doce ou o amargo da fruta
Todos os paladares possíveis em um só
Salivação constante
Salivação radiante
Salivação incontrolável
O prazer de sentir o sabor
O prazer de morder
O prazer de comer
O prazer de saciar
Toda essa fome
Toda essa gula
Essa gana
Essa vontade de deleitar!
Então, em cada mordida um pedaço do céu!
Como o paladar pode proporcionar tantos prazeres!
Como comer pode ser tão prazeroso!
Espasmos de felicidade
Espasmos regulares
Saciedade misturada com fome infinita
Sim, fome, muita fome!
Mordidas sem fim na fruta abençoada!
Fruta doce!
Fruta dourada, avermelhada, rosada, branca, todos os tipos de fruta!
Nessa saciedade maluca que nunca se faz presente e também se faz ausente
Cada mordida um prazer!
Mastigar devagar é preciso
Sentir cada textura
Cada sabor
Deixar o corpo se suprir enfim
E depois, pedir por mais...
E mais...
Sim, mordiscadas, mordidas
O ato de alimentar-se presente e Divinamente cumprido!
Como é prazeroso comer!

Gabriela Grecco

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

[MÚSICA] Linkin Park - Faint

SIMPLESMENTE PERFEITA PRA ESSE MOMENTO !!!

DIZ TUDO SOBRE QUASE TUDO, SOBRE MIM, SOBRE QUASE TODOS A MINHA VOLTA !!!
E SOBRE VOCÊS ?!!!

CURTAM !!!





Faint

I am
A little bit of loneliness
A little bit of disregard
A handful of complaints
But I can't help the fact
That everyone can see these scars

I am
What I want you to want
What I want you to feel
But it's like no matter what i do
I can't convince you
To just believe this is real
So I let go watching you
Turn your back like you always do
Face away and pretend that I'm not
But i'll be here
'Cause you're all that I've got

I can't feel the way i did before
Don't turn your back on me
I won't be ignored
Time won't heal this damage anymore
Don't turn your back on me
I won't be ignored

I am
A little bit insecure
A little unconfident
'Cause you don't understand
I do what I can
But sometimes I don't make sense

I am
What you never want to say
But I've never had a doubt
It's like no matter what I do
I can't convince you
For once just to hear me out
So I let go watching you
Turn your back like you always do
Face away and pretend that I'm not
But I'll be here
'Cause you're all that I've got

I can't feel the way i did before
Don't turn your back on me
I won't be ignored
Time won't heal this damage anymore
Don't turn your back on me
I won't be ignored

No, hear me out now
You're gonna listen to me
Like it or not, right now

Hear me out now
You're gonna listen to me
Like it or not, right now

I can't feel the way i did before
Don't turn your back on me
I won't be ignored

I can't feel the way i did before
Don't turn your back on me
I won't be ignored
Time won't heal this damage anymore
Don't turn your back on me
I won't be ignored

I can't feel
Don't turn your back on me
I won't be ignored
Time won't change
Don't turn your back on me
I won't be ignored

Desmaiado

Eu sou
Um pouco de solidão
Um pouco de negligência
Um punhado de reclamações
Mas eu não posso evitar o fato
De que todos podem ver essas cicatrizes

Eu sou
O que eu quero que você queira
O que eu quero que você sinta
Mas é como que não importe o que eu faça
Eu não posso convencer você
A apenas acreditar que isso é real
Então, eu deixo acontecer, observando você
Virar as costas como você sempre faz
Abaixe o rosto e finja que eu não estou
Mas eu estarei aqui
Porque você é tudo que tenho

Eu não posso sentir como sentia antes
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado
O tempo não mais vai curar esta ferida
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado

Eu sou
Um pouco inseguro
Um pouco inconfidente
Porque você não entende
Que eu faço o que eu posso
Mas, às vezes, eu não faço sentido

Eu sou
O que você nunca quis dizer
Mas eu nunca tive dúvida
É como que não importe o que eu faça
Eu não posso convencer você
Apenas a me ouvir dessa vez
Então, eu deixo acontecer, observando você
Virar as costas como você sempre faz
Abaixe o rosto e finja que eu não estou
Mas eu estarei aqui
Porque você é tudo que eu tenho

Eu não posso sentir como sentia antes
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado
O tempo não mais vai curar esta ferida
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado

Não, me escute agora
Você terá que me ouvir agora
Goste disso ou não, agora mesmo

Me escute agora
Você terá que me ouvir agora
Goste disso ou não, agora mesmo

Eu não posso sentir como sentia antes
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado

Eu não posso sentir como sentia antes
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado
O tempo não mais vai curar esta ferida
Não vire suas costas para mim
Eu não serei ignorado

Eu não posso senitr
Não vire as costas para mim
Eu não serei ignorado
O tempo não vai mudar
Não vire as costas para mim
Eu não serei ignorado

MOVIMENTO 8 de MARÇO - VAMOS NESSA !!!



Movimento 08 de março O Movimento nasce a partir da iniciativa de um grupo de 4 mulheres administradoras do grupo Mulheres Unidas por Ribeirão A 1ª ação desse movimento é uma manifestação sob o título: “Paz para a família brasileira “ ”Decretamos Tolerância Zero para a violência “ Objetivos : Levar o maior numero possível de pessoas as ruas assumir o compromisso de acabar com a violência nas suas mais diversas formas decretando seu fim . Porque Tolerância Zero : Tolerância zero é uma frase usada em um contexto. Pode se referir a uma política criminal ou policial. Pode-se tratar da política do empregador com um gerente flagrado no cometimento de um assédio moral contra um funcionário subalterno. Pode revelar a postura que os pais terão com os filhos em função de suas atitudes. A frase virou parte do vocabulário oficial de agentes públicos, líderes de opinião, imprensa e — principalmente — políticos. O sentido é quase sempre o mesmo: “Haverá um endurecimento das relações a partir de agora.” Justificativa : As origens da violência situam-se na estrutura social e no complexo conjunto de valores, tradições, costumes, hábitos e crenças que estão intimamente ligados à desigualdade O agente da violência é o indivíduo , ela não é gerada apenas pelos órgãos públicos , governos , parlamentos ... Ela é gerada a partir de um contexto onde a lei do mais forte é que vale , seja ela a força física , mental , financeira , cartorial ... Quando o indivíduo chega a praticar um ato de violência essa é o resultado de ações e / ou motivações anteriores , no entanto , nada justifica a violência no lar , na vida empresarial , contra animais , contra a natureza .... Estratégia : Concentração em locais diferentes e após encontro em ponto central Faremos um cortejo fúnebre Uma manifestação silenciosa , pois estamos de luto , todos carregando velas acesas . Grupos se reúnem em pontos diferente , todos vestidos de preto apenas um grupo a frente carrega uma faixa com o nome do movimento O soar de um bumbo anuncia e abre alas para o cortejo Encontro acontece em um ponto central da cidade onde todos em uníssono declaram os decretos . Cada grupo participante pode levar faixas , cartazes ... que serão exibidos na concentração final Os decretos serão lidos cada um por uma representante de um movimento diferente OBS : Proibido o consumo de bebida alcoólica durante a manifestação Decreto : Tolerância Zero contra 1. Violência contra mulheres e crianças 2. As drogas 3. O machismo, racismo e homofobia, 4. A Pedofilia 5. Crueldade contra animais 6. O descuido do meio ambiente 7. Corrupção 8. Violência no Transito Cada decreto será acompanhado de sugestões de políticas publicas e/ou ações administrativas que farão parte de um documento intitulado “ Isso é o que nós queremos e precisamos “ e entregues ao final do evento aos candidatos a prefeito para que as mesmas possam ser adotadas durante a próxima gestão PONTOS DE CONCENTRAÇÃO 1. Catedral 2. Correios 3. Praça do Consulado Portugues ( Entre as ruas Mariana Junqueira e Rio Branco) 4. Prefeitura Encerramento Os decretos serão lidos por mulheres liigadas a área em questão Será entregue a prefeita de Ribeirão Preto sugestão de políticas publicas e/ou ações administrativas e posteriormente em um outro momento individualmente aos pré-candidatos a prefeito.

CHICO XAVIER - RECOMEÇAR, SEMPRE!


BOM DIA !!!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

INDIGNAÇÃO COM A FALTA DE PERCEPÇÃO E GRATIDÃO !

DEUS DO CÉU !!!

NÃO SEI NEM O QUE DIZER !!!

SÓ UMA COISA: PROFUNDA TRISTEZA !

sábado, 11 de fevereiro de 2012

A PIOR ESPÉCIE É AQUELA QUE USA DAS MESMAS ARMAS QUE TANTO RECRIMINA, MASCARADAS E FORJADAS PARA SEU BEL PRAZER.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

FESTA - RIBEIRÃO EM CENA BALANÇA MAS NÃO CAI



Inspirado no célebre programa criado por Max Nunes e Paulo Gracindo na década de 1950 na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, o Instituto Ribeirão Em Cena – Escola de Teatro realiza neste sábado,11 de fevereiro, a noite “Balança Mas Não Cai”. O evento vai reunir os standup’s Rodrigo Alves , Leandro Ferreirinha, Manoel Fernandes, Derek Carão e Emerson Pagando Mico. O evento além da leitura de textos de Mário Lago, contará com exibições de Street Dance, Roda de Samba com DuAle e convidados,show de MPB com Nanna Siqueira e apresentação do Maracatú Chapéu de Sol. 

SERVIÇO:

Teatro Ribcena – Rua Lafayete,1084 – Ar condicionado

A partir da 20h30 

Serviço de bar

Ingresso.R$ 10

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Novidades ?!

Bom dia ou boa noite, pessoas lindas !
Sabe que há um tempão atrás eu estava lendo o blog e vi que fiquei devendo o resultado da (terrível) artro ressonância do quadril !!! rs
Falei tanto desse terror de exame e não postei aqui o que deu !!! rsrsrs
Às vezes me acho bem pirada !
Hoje fui novamente, acho que pela terceira vez já depois do resultado dos exames do quadril, no médico especialista na área.
Deu uma lesão no lábio acetabular ou labrum; que não é nem ligamento, nem cartilagem, pelo que me explicaram parece ser uma membrana, alí envolta... sei lá... eu acho ! Essa lesão se dá principalmente em atletas ou depois de um trauma (meu caso!). Solução: Cirurgia !
Fiz o exame dos dois lados e ela lesão foi diagnosticada nos lados direito e esquerdo ! Pior do lado esquerdo, que foi a perna que mais sofreu no acidente (só quase ela). Mas o direito dói muito também, principalmente quando eu tento compensar ou não forçar a perna que está mais afetada.
O pior de tudo é que eu não estou conseguindo mais ter uma vida normal. Qualquer esforço mais intenso me trava o glúteo e quadril e eu fico quase sem andar ! O médico me disse hoje que tudo isso é em decorrência dessa lesão. O que está me limitando demais o ganho de massa muscular na perna, para a melhora das outras lesões (que estão me judiando também) e preservação da integridade dos meus ligamentos né ? Afinal, morro de medo de acontecer algo de grave com meu ligamento cruzado posterior, que ficou permanentemente estirado e preso por alguns fios (um trauma intenso, uma torção, podem rompê-lo, pois estou com pouquíssima massa muscular na perna, principalmente na frente, que é onde mantém este ligamento mais firme e isso está me causando dores terríveis !) Um dia eu levei um tombo no banheiro, pouco tempo depois de tirar a amarração que tinha na patela (por tê-la quebrado, mais de um ano depois eu tirei a fixação feita para colar os fragmentos), achei que tinha acontecido o pior com meu ligamento cruzado posterior, porque antes de cai escorreguei e estirei a perna... putz... que dor ! Que medo ! Mas enfim... Passou !
O fato é que agora eu não posso me afastar de nada ! Nessa cirurgia para "limpar" a lesão, a recuperação e a própria cirurgia são muito mais delicadas que a última que fiz do joelho; terei de ficar 1 mês e meio na cama, deitada !!! Depois começar a andar com muletas, andador e bengala...
Com tantas coisas acontecendo na minha vida. Temporada no teatro começando, viagens teatrais programadas, trabalhos acontecendo, um pouquinho de energia nova fluindo, não posso nem pensar em parar e começar tudo de novo, afinal, além disso tudo, vou perder o pouco de massa muscular que já tenho na perna e além: perder da perna direita também, pois a lesão é nas duas "pernas" !!! Não dá né ?!
Estou na fisio, e o médico da outra vez que fui lá ficou impressionado com o progresso que tive nas sessões. Continuarei assim e vou me firmar na minha fé e ver se marco algumas cirurgias espirituais. Fiz duas para o joelho da outra vez, que me ajudaram muito ! Quero fazer para o quadril agora também. Essas lesões aqui estão me judiando demais !
Desculpem queridos, estou tão corrida ultimamente e pouco escrevo por aqui. Preciso trabalhar em tantas fotos agora pra entregar amanhã que vocês não fazem ideia ! Além disso tenho fisio, psicóloga e especialista em ombro pela tarde. Vamos ver os resultados dos exames (raio X e ultrassom) do ombro... A noite tenho reunião no teatro... e vamo que vamo. Mais um dia que dormirei muito pouco, mas se Deus quiser, terei um ótimo dia !


Ótima quarta-feira pra vocês.
Fiquem com Deus!

Gaby

sábado, 4 de fevereiro de 2012

JEITO DE SER - Martha Medeiros


Boa noite queridos!
Encontrei essa delícia de texto para postar no baú. ADORO OS TEXTOS DA AUTORA!!!
Deliciem-se!
Bom final de semana!

Gaby


JEITO DE SER

Martha Medeiros

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja
cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que 
abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a
hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando
não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam
longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz
ao se dirigir a frentistas.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem
prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece,
é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete
e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte
antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
Oferecer flores é sempre elegante.
É elegante não ficar espaçoso demais.
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, 
a estar nele de uma forma não arrogante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação,
mas tentar imitá-la é improdutivo.
A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe
de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que
acha que com amigo não tem que ter estas frescuras.
Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que
não irão desfrutá-la.
Educação enferruja por falta de uso. E, detalhe: não é frescura.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

LINDÍSSIMO TEXTO !!! EXEMPLO DE HUMANIDADE, DE AMOR VERDADEIRO !!! [HOMOFOBIA AINDA?]



“Meu filho mais velho tem seis anos e está apaixonado pela primeira vez. Ele está apaixonado pelo Blaine de Glee.

Para quem não sabe, Blaine é um garoto… um garoto gay, namorado de um dos personagens principais, Kurt.

Não é um amor do tipo “ele acha o Blaine muito maneiro”. É do tipo de amor em que ele devaneia olhando para uma foto de Blaine por meia hora seguido por um ávido “ele é tão lindo”.

Ele adora o episódio em que os dois meninos se beijam. Meu filho chama as pessoas que estão em outros cômodos pra ter certeza de que não perderão "sua parte favorita”. Ele volta o video e assiste de novo… e obriga os outros a fazerem o mesmo, se achar que as pessoas não prestaram atenção suficiente. 

Essa obsessão não preocupa a mim e a seu pai. Nós vivemos em uma vizinhança liberal, muitos de nossas amigos são gays e a ideia de ter um filho gay não é algo que nos preocupa. Nosso filho vai ser quem ele é, e amá-lo é nosso dever. Ponto final.

E também, ele tem seis anos. Crianças nessa idade ficam obcecadas com todo tipo de coisa. Isso pode não significar nada. Nós sempre brincamos que ou ele é gay ou nós temos a melhor chantagem na história da humanidade quando ele tiver 16 anos e for hétero. (Toma essa, fotos tomanho banho.)

E então, dia desses estávamos viajando para outra cidade ouvindo (é claro) o CD dos Warblers, e no meio da música Candles, meu filho, do banco de trás, fala:

“Mamãe, Kurt e Blaine são namorados.”
“São sim,” eu confirmo.
"Eles não gostam de beijar meninas. Eles só beijam meninos.”
“É verdade.”
“Mamãe, eles são iguais a mim.”
“Isso é ótimo, querido. Você sabe que eu te amo de qualquer forma?”
“Eu sei…” Eu podia ouví-lo rolando os olhos pra mim.

Quando chegamos em casa, eu contei da conversa para o pai dele, e nós simplesmente olhamos um nos olhos do outro por um momento. E então, sorrimos.

“Então se aos 16 anos ele quiser fazer o grande anúncio na mesa de jantar, poderemos dizer ‘Você disse isso pra gente quando tinha 6 anos. Passe as cenouras’ e ele ficará decepcionado por roubarmos o grande momento dramático dele’, meu marido diz rindo e me abraça.

Só o tempo dirá se meu filho é gay, mas se for, estou feliz que ele seja meu. Eu estou feliz que ele tenha nascido na nossa família. Uma família cheia de pessoas que o amarão e o aceitarão. Pessoas que jamais vão querer que ele mude. Com pais que não veem a hora de dançarem no casamento dele.

E eu tenho que admitir, Blaine seria realmente um genro fofo.”


Texto Original: http://getstooobsessed.tumblr.com/post/9004061623/mommy-they-are-just-like-me-my-oldest-son-is

Tradução no Blog : http://minoriaeamae.blogspot.com/

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.