segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

VAZIO

VAZIO
VAZIO NO PEITO
VAZIO NA MENTE
VAZIO NA VIDA
O QUE É O VAZIO?
COMO SABER O QUE ELE REPRESENTA
SE NADA REPRESENTA?
OU SERÁ QUE REPRESENTA TUDO?
REPRESENTA A FALTA?
REPRESENTA O NADA?
REPRESENTA O TUDO?
O NATURAL SERIA SABER SOBRE O QUE PREENCHE,
COMPLETA, SE FAZ PRESENTE...
MAS...
O VAZIO É TÃO COMPLETO ÀS VEZES, QUE PREENCHE
QUE DÓI, ARDE, SUFOCA...
É ATRAVÉS DO VAZIO QUE TUDO PROCURAMOS
É ATRAVÉS DO PERFEITO QUE NOS SENTIMOS VAZIOS...
TALVEZ PORQUE O PERFEITO NÃO EXISTE
MAS, E O VAZIO?
VAZIO NA BOCA
VAZIO NAS MÃOS
VAZIO NO CORAÇÃO
ÀS VEZES, O ABRAÇO VAZIO
O BEIJO VAZIO
AS PALAVRAS VAZIAS
O CONHECIMENTO VAZIO
O OUVIDO VAZIO
O AMOR VAZIO
É CERTO QUE MESMO O PREENCHIDO PODE SER VAZIO
E O VAZIO, MUITAS VEZES ESTÁ PREENCHIDO!
PREENCHIDO DE INCERTEZAS
DESENCONTROS
INSATISFAÇÕES
ALEGRIAS
PERFEIÇÃO
E BUSCAS!

Gabriela Grecco DEZ/09

Clarice Lispector

Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão.
Tranqüilidade e inconstância, pedra e coração.
Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono.
Música alta e silêncio.
Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser.
Não me limito, não sou cruel comigo!
Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer…
Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. ou toca, ou não toca.

(Clarice Lispector)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

TRÊS HORAS DEPOIS...

... ESTOU DE VOLTA.

AGORA PRA DEIXAR AQUI UM POUCO DA MINHA REVOLTA QUE FIZ QUESTÃO DE COLOCAR UM POUCO DE LADO NO OUTRO TEXTO! ALÉM DE DEIXAR UMA PULGUINHA ATRÁS DA ORELHA.
VENHO PRA APRESENTAR O NOVO CONCEITO DE COMEMORAÇÃO PRA HOJE, E DESEJAR, COM UM MISTO DE TRISTEZA, PREENCHIMENTO E ACIMA DE TUDO REVOLTA:

FELIZ CARNATAL!

PQ HJ A CARNE ESTÁ PRESENTE EM TODOS OS SENTIDOS!

APESAR DE TUDO, SINTO-ME PREENCHIDA!

Sabe, apesar de tanta coisa chata quando nos reunimos em família, cheguei à conclusão de que muitas vezes vale a pena.
Suportei sertanejo, funk, pagode e um monte de assunto estranho, histórias bizarras e meus primos cada vez mais esquisitos, rs... Mas, mesmo querendo de início sumir de lá, estou me sentindo bem por ter visto tanta gente que há tanto tempo não vejo.
As coisas, pessoas e situações chatas fazem parte da vida.
Hoje relembrei por um breve momento dos anos em que éramos crianças e o natal era feito em casa, com todos reunidos e eu vestida de mamãe noel, rs... É... Meus pais faziam eu fazer isso todo ano e eu gostava! rsrsrsr... Era a atração da festa. Engraçado eu ser a "artista" da família hoje, rs.
Mesmo assim o Natal não tem mais a graça e importância que merecia ter hoje. Ao invés de falarem o porquê da data, ficam todos se embebedando, falando merda, dançando músicas esdrúxulas e fúteis.
Mas... valeu a pena ter visto todos, independente de ter me sentido mal muitas vezes, valeu! A família, é algo que não deve ser esquecido. Nos chateamos, magoamos, suportamos muitas coisas, mas não devemos jamais esquecê-la. Principalmente em um dia onde o nascimento do maior líder que já existiu no mundo é celebrado. Aliás, deveria ser celebrado. Infelizmente é mais uma data que foi banalizada.
As pessoas tem vergonha e preconceito em falar de Deus, religião e etc. Mas, Jesus deveria ser lembrado, mencionado e admirado, pelo menos pelo Ser Humano que foi. Não precisa falar em Deus ou religião para falar nele, basta apenas ver seu amor, sua liderança e sua confiança em todos nós. Ele morreu na cruz pelo que acreditava e nós além de não acreditarmos em nada, morremos a cada dia por razões banais, como bebidas, drogas, etc... Inclusive no Natal!
Morremos pela falta de sonhos e ideais e pela dor do vazio interior. Deveríamos nos apegar aos seus ensinamentos para viver cada vez mais felizes!
As pessoas idolatram e seguem artistas que morreram por beber demais, se drogar em excesso ou os que ainda estão vivos dando "exemplos" de como não viver uma vida e tornar tudo, inclusive o outro, descartável. Mas não seguem os ensinamentos do maior exemplo de caridade e amor que já existiu. Que aliás, morreu por acreditar no bem e não por egocentrismo. Não há nem o que dizer sobre a diferença de alguém que foi morto pelo bem que fez ou de alguém que se matou porque não tinha mais merda pra fazer na vida, onde acabar com ela era o que faltava!
Que neste (ainda da tempo) e nos próximos Natais, possamos lembrar do seu maior ensinamento: Amar ao próximo como a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas.
Eu sinceramente senti hoje o que isso significa e estou me sentindo bem. Bem por ter passado uma noite relativamente chata, mas com minha família toda reunida! Tanta faz se os outros não tem essa consciência, importa que pude pensar nisso tudo essa noite toda e sair do meu pedestal de arrogância. Quanto maior o conhecimento, maior a cobrança! Estou aceitanto mais o limite de cada um, inclusive o meu.
Acho que realmente estou degustando minha vida!

FELIZ NATAL!

Que assim seja!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Neste Natal, que todo mundo... saiba quem é! rs

Nossa... depois de uma taça de martini, preciso escrever algumas coisas!
Apesar de estar acostumada com a falta de respeito, cordialidade e educação das pessoas, eu ainda me impressiono!
Mas, esses dias tive mais provas de que a lei de ação e reação é implacável, rsrsrsrs... e apesar de querer sempre o bem das pessoas, eu realmente dei muitas gargalhadas. Aiii, o martini me deixa ainda mais sarcástica!
Eu já disse, nunca prometa o que não pode cumprir! Prometemos sem arcar com as consequências, não cumprimos, magoamos e depois é a vez disso ser feito conosco! E quando isso acontece com quem me prometeu, dependendo da pessoa, do meu estado de espírito e se tomei martini ou não, rs, ou fico chateada pela pessoa ou simplesmete digo: foda-se, vc mereceu! Aii, aí é um alívio, como se aquilo fosse uma justiça e esqueço o que me foi feito (geralmente)! Mas aquilo que a pessoa fez também foi uma justiça da lei pra mim... Se por ventura eu ficar chateada pela pessoa é porque simplesmente esqueci faz tempo ou nem machucou tanto assim.
Essa promessa não precisa ser declarada, escrita, explícita. Muitas pessoas prometem e não sabem que o estão fazendo. Quando nos entregamos em algumas situações, quando fazemos uma amizade intensa, quando damos a entender algo que não é verdadeiro, estamos prometendo. Eu simplesmente não entendo essas pessoas que quando ficam com alguém (tenho muitos conhecidos assim) se entregam, fazem coisas e agem como se fosse com um namorado (um estranho) e, no entanto, não querem nada sério, se cansam, mudam de uma hora pra outra a forma de agir. Nossa, já tive muitos "amigos" assim. Eu sinceramente não sei agir assim em uma amizade, pra mim ou é ou não é, não tem dessa de ser de um jeito hoje e de outro amanhã. Ah vai se fuder, num tenho saco pra isso!
O pior de tudo isso é a hipocrisia! Daí chega alguém e te diz bom dia, como se nada tivesse acontecido! Tanto quando foi algo bom, ou quando foi ruim! De verdade, se eu tivesse bastante coragem, cara de pau ou tomasse duas taças de martini toda vez, eu falaria: "vai se fuder!" Porque é isso que dá vontade.
Ah, fala a verdade! Quando não sabemos lidar bem com algumas decepções e elas machucam, fala sério se muita gente não diz: Nossa, que delícia que fulano se fudeu. Bem feito filho da puta!
Pois é...
Depois de amanhã é natal e eu podia escrever aqui muitas coisas lindas e boas...
Mas meu momento agora não é esse. Eu continuo sendo cristã, amanhã vou ler trechos do evangelho, falar de Jesus, estar com a família, relevar muita coisa chata e hipócrita (vou passar com a família mais distante!), mas... vou ser muito sincera, me senti muito bem essa semana quando soube de algumas coisas. Eu sei que to errada, não deveria me sentir assim, nem ter dito: "Bem feito filha da puta! Você mereceu!" Eu ainda sou humana!
Portanto... apesar de tudo, que neste Natal, mais do que escondermos de nós tantas coisas que nos machucam e magoam, que nós possamos ver tudo isso, mandar tudo se fuder, fazer uma oração por nós e por quem nos magoou (se não conseguir tb, fz oq?) e continuar a vida! Afinal, existe coisa melhor que admitir o que nos faz mal, se sentir leve e continuar a vida?! NÃO!
Que se foda todo mundo que é canalha, mas que Deus esteja sempre com todos nós!
Que todos possamos ser menos canalhas!

FELIZ NATAL E UM ANO NOVO CHEIO DE DESCOBERTAS E MUDANÇAS!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

LifeHouse - You and Me

Mais uma música muito gostosa de se ouvir!
Faz parte da trilha do filme IMAGINE EU E VOCÊ (Vale a pena assistir!)

Bom Natal e ano novo!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Poucos dias de uma alegria doce e intensa!

Um miadinho fino e que clamava desesperado por ajuda me chamou a atenção. Me desloquei até o portão, estava chovendo um pouco, e lá encontrei a coisinha mais doce que poderia encontrar. Um gatinho. Tão novinho, tão novinho! Que um dos meus primeiros pensamentos foi "quem foi o monstro que o desmamou tão cedo?!"
Sem pensar, peguei uma toalha e comecei a secá-lo; estava encharcado e tremia desesperadamente. Embrulhei-o com carinho na toalha, coloquei-o no meu colo e fiz carinho para que ele se acalmasse. Prometi protegê-lo. Seus olhinhos fitados aos meus, pareciam agradecer. Continuei a fazer o que estava fazendo frente ao computador, uma mão no mouse, a outra segurando o "pacote de gatinho"; só assim colado ao meu corpo ele dormiu.
Era muito novinho, devia ter umas duas semanas e fora tirado da mamãe. Liguei para o Marcos comprar leite quando viesse pra casa, tinha que alimentá-lo. Ele curioso me perguntou porque; já que não tomo mais leite, ainda mais desnatado (a veterinária recomenda leite desnatado aos animais, os outros fazem mal); não disse o motivo.
Como era de se esperar, quando ele chegou, ficou todo surpreso e feliz com a novidade. Sentiu pena pela situação do gatinho tão novinho alí abandonado. Seus olhos, acima de tudo, transpareciam felicidade pelo novo integrante. Sorte que ele encontrou, ou foi colocado, no lugar certo!
Fizemos um local para ele dormir, todo cercado lá no fundo.
Estava com o olhinho direito todo machucado, cheio de secreção e não conseguia abrí-lo. Mas nada que bons cuidados não curassem! Dois dias depois ele já estava com os dois bem abertinhos e espertos.
Como era de se esperar, ficamos preocupados com os dois gatos e a cachorra que temos aqui. Os gatos não foi problema, Dionisão tinha até medo do gatim.... mas a Nina (nossa cachorrinha), essa deu trabalho! Queria brincar com o gatinho do mesmo jeito que brinca com o Dionísio, aquele gatão de mais ou menos 6kgs e que em pé dá quase metade do meu corpo!
Durante esses 4 dias (mais ou menos) a casa ficou mais feliz! Uma nova vida habitava aqui, mesmo que temporária. Íamos levá-lo na quatro patas, já que seria difícil manter mais um bichinho aqui (na verdade, eu estava conversando com o Marcos a possibilidade dele ficar com a gente). Ele aprendeu a andar, correr, indentificar nossas vozes e sair saltitando em busca de um de nós dois (às vezes ficava correndo de um lado para o outro quando me ouvia aqui e o Marcos acolá, rs).
Como dizia, a casa estava mais feliz! Um bebê fazia parte do lar! Os miadinhos doces, as investidas em nossos pés e pernas, eram atos tão fofos, que nos deixavam bobos sempre que acontecia! Ele sabia do nosso amor para com ele e era extremamente grato por tudo que estávamos fazendo. Além disso, tinha a dependência, fora tirado muito cedo da mamãe e irmãozinhos. Era um grude só! Extremamente carinhoso e carente, procurava a todos os instantes nós dois, quando não podíamos dar atenção se encostava na Nina, mas não se sentia satisfeito e logo se grudava em nós. Só dormia rápido e calmamente no nosso colo! Como era fofo!!!
Hoje, aliás, ontem (domingo), pois estou na madrugada de domingo pra segunda, ele estava miando mais que o habitual. Eu já havia notado há 1 dia que seu pescocinho estava machucado e seu rostinho inchado. O rostinho estava melhor ontem, mas o pescoço havia piorado. Seu miado era estridente, alto, sofrido. Demos leitinho pra ele, várias vezes, como fazíamos há dias...
Ele dormiu no colo do Marcos, disse para ele deixar dormir assim, pois estava meio agitado, não parava de miar. Antes do Marcos ir dormir, disse para levar o gatinho pra cama com ele, colocar ele em cima do edredon ao seu lado. E ele o fez (era meia noite e meia). Eu disse que o colocaria no fundo quando eu fosse dormir.
Eu fiquei aqui na internet e escrevendo no computador como geralmente faço. Por volta das 3 da manhã (agora são 4:15), o Marcos saiu do quarto, com o gatinho no colo, pensei que fosse colocá-lo na sua casinha, mas sua expressão era a pior possível. Eu desesperada disse:

- O que aconteceu? O que foi? O que foi?
- Ele morreu...

Bom... nem preciso descrever minha tristeza e desespero né? Eu chorei demais... eu não acreditava! Ainda não acredito. Estava tão feliz por ter mais uma nova vida em casa! Mais alegria! A casa estava uma loucura no domingo, com gato miando, cachorra correndo atrás de três gatos, Dionísio correndo da Nina... disse que tava ficando maluca, mas eu estava realmente feliz! E ele me fazia mais feliz, porque além de amar ajudar e salvar vidas, eu realmente amo vidas! Amo gatos, amo cachorros, vaquinhas... etc...
O Xanim era meu mais novo amor! Nunca vi entrega como a dele em qualquer outro animal! To falando sério... e olha que entendo de animais! O Dionísio mesmo que tanto se entrega, que eu peguei no bueiro, não era assim...
Eu estava feliz por ele estar conosco e nos dar mais alegrias. Por poder ajudá-lo. Por ele ter "encontrado" nossa casa. E pensava que aqui ou em outra casa, ele havia de fazer alguém muito feliz.
Mas, nós pecamos em alguma coisa e ele se foi. Não sabemos o que aconteceu, mas desconfiamos. Deve ter sido uma sequência de fatores.
Enfim, eu espero poder ter dado à ele momentos felizes como ele me deu!
Adeus Xanim!

*A quem acha isso tudo uma baboseira e não acredita nesse tipo de amor e entrega, eu sinto muito!

Gabriela Grecco DEZ/09

sábado, 19 de dezembro de 2009

O melhor

Deus reserva o melhor para nós.
O melhor para mim
Não é o melhor para o outro.
O melhor
Nem sempre é o melhor.
Mas é o que mais se aproxima do que precisamos.
Algumas situações
Nos fazem ver o que realmente é melhor.
Por diversas vezes
As coisas acontecem como não gostaríamos
Mas, depois de um tempo,
Vemos que foi muito melhor.
Às vezes nos perdemos
Andamos em trilhas, atalhos, caminhos mais tortuosos que outros...
Eu mereço mais!
Andar em alguns caminhos me fez perceber isso.
Não quero fiapos, eles são dados aos que nunca esperam nada,
Aos que nunca fizeram por merecer!
Como Deus em sua sabedoria
Faz com que o melhor nos seja concedido!
Muitas vezes somos teimosos
Insistimos...
Mas Ele dá seu jeitinho
E nada melhor que enxergar!
Quando percebemos, vemos como as coisas se encaixam perfeitamente!
É....
O melhor sempre está a nossa espera!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

De onde veio?!

De onde veio?!
Vem!
Já veio!
De onde?
Saberá!
Chegou sem dar pistas
Guardei ainda um pedaço
Do tecido que caiu
Mas, veio de onde?
Saberá!
Como um tornado
De uma vez chegou
Chegou?!
Mas, agora vejo
Partiu...!
Rastro deixou
Rastro ainda deixa
Fica de uma vez!
Ou vai-se!
Que indecisão que dói!
Corrói e aglutina
Eu detesto a enganação
Pára de enganar-me
Pára de enganar-se!
Mas, de onde veio?
Saberá o Sabará!
Ôh coisa mais complicada essa!
Se não podes ir, por favor, fica de uma vez!
Não prometas pela metade, prometas por inteiro
Tonteia o sossego sossegado
Esse vai e vem
Por favor, me prometas mais ainda que noutros dias
Fica! Não vai-se embora
Ou assuma que não podes
Quando a conformidade se instala
Lá vem você novamente
Fica e faz tudo parecer tão fácil
Ôh coisa complicada!
Fica!
Ou vai-se!
Mas faça qualquer um dos dois por inteiro!

Onde foi parar?!

Onde foi parar?!
Pára!
Já parou!
Parou?!
E foi pra onde?
Saberá!
Partiu sem deixar rastros
Guardei ainda um pedaço
Do tecido que caiu
Mas, pra onde foi?!
Saberá!
Como um tornado
De uma vez foi-se
Foi-se?!
Mas, agora vejo
Voltou...!
Rastro deixou
Rastro ainda deixa
Vai-se de uma vez!
Ou fica!
Que indecisão que dói!
Corrói e aglutina
Eu detesto a enganação
Pára de enganar-se
Pára de enganar-me!
Mas, pra onde vai?
Saberá o Sabará!
Ôh coisa mais complicada essa!
Se não podes ficar, por favor, vai de uma vez!
Se não podes promoter, não prometas pela metade
Esse vai e vem
Tonteia o sossego sossegado
Por favor, não me prometas mais nada
Sai e vai-se embora
Ou assuma o compromisso de ficar!
Quando a conformidade se instala
Lá vem você novamente
Volta e faz tudo parecer tão fácil
Ôh coisa complicada!
Vai-se!
Ou fica!
Mas faça qualquer um dos dois por inteiro!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Hilda Hilst - Trechos de DO DESEJO

Trechos de DO DESEJO de Hilda Hilst

Eu vi alguns trechos no orkut de uma amiga e adorei. Pesquisei e encontrei vários. Posto aqui dois que muito mexeram comigo.


DO DESEJO

E por que haverias de querer minha alma

Na tua cama?

Disse palavras líquidas, deleitosas, ásperas

Obscenas, porque era assim que gostávamos.

Mas não menti gozo prazer lascívia

Nem omiti que a alma está além, buscando

Aquele Outro. E te repito: por que haverias

De querer minha alma na tua cama?

Jubila-te da memória de coitos e de acertos.

Ou tenta-me de novo. Obriga-me.

(Do Desejo - 1992)

* * *

Colada à tua boca a minha desordem.

O meu vasto querer.

O incompossível se fazendo ordem.

Colada à tua boca, mas descomedida

Árdua

Construtor de ilusões examino-te sôfrega

Como se fosses morrer colado à minha boca.

Como se fosse nascer

E tu fosses o dia magnânimo

Eu te sorvo extremada à luz do amanhecer.

( Do Desejo - 1992)

Contra o tempo - Rita Ribeiro

Há dois anos, uma pessoa me apresentou essa música. Eu gosto demais!!! Ela marcou e ainda marca alguns dos meus momentos. Este também é o momento dela.
Mês de inspiração pura! Acho que estou desgustando tudo que está acontecendo comigo de bom e ruim (mais ruim que bom), sentindo mais na pele, vivendo mais a vida!
Talvez assim as vivências se tornam experiências e não machucam, mas dão sabedoria!
Apesar de tanta coisa estar machucando e sufocando, agora eu sinto o sabor da vida...
Espero me sentir sempre assim! INSPIRADA!!! POÉTICA!!!
Curtam!




Contra O Tempo


RITA RIBEIRO

Composição: Vander Lee

Corro contra o tempo pra te ver
Eu vivo louco por querer você
Ôôôôô, morro de saudade a culpa é sua

Bares, ruas, estradas, desertos, luas
Que atravesso em noites nuas
Ôôôôô, só me levam pra onde está você

O vento que sopra meu rosto cega
Só o seu calor me leva
Ôôôôô, de uma estrela pra lembrança sua

O que sou, onde vou, tudo em vão
Tempo de silêncio e solidão (2x)

O mundo gira sempre em seu sentido
E tem a cor do seu vestido azul
Ôôôôô, todo acaso finda em seu sorriso nu

Na madrugada uma balada soul
Um som assim meio rock n' roll
Ôôôôô, só me serve pra lembrar você
Qualquer canção que eu faça tem sua cara

Rima rica, jóia rara
Ôôôôô, tempestade louca no Saara

O que sou, onde vou, tudo em vão
Tempo de silêncio e solidão. (2x)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Desencontros

Propositais ou não
Desencontros desencontrados
Covardes ou desencorajados
Eles nos submetem ao caos
A cabeça pilhada
Pensa no desencontro forjado
Desencontro manipulado
Ou simplesmente casual
É certo que desencontros fazem parte
Às vezes é uma arte
Outras, é banal
Desencontrar-se muitas vezes é triste
Machuca o coração que existe
Para apenas se encontrar
Encontrar-se é tão bom
Certo que às vezes não
Mas, na maioria só faz alegrar
Desencontrar-se pra quê?
Se na arte de viver
O encontro é que nos faz suspirar
Encontrar-se consigo mesmo
Encontrar-se com um desejo
Ou simplesmente com quem nos faz amar!

*Minha querida amiga Bianca me inspirou no msn após escrever essa palavra chave... que resume quase td q estou vivendo e sentindo agora! Além da vivência, conversar com pessoas inspiradas tb nos dá inspiração!

Gabriela Grecco DEZ/09

domingo, 13 de dezembro de 2009

Pensando em vc - Paulinho Moska

Nossa... faz anos que sou apaixonada por essa música. Eu lembro até a novela e o casal que tinha ela como tema, rsrsrsrs... era mto lindo e apaixonante... Eu estava no começo do namoro com o Marcos, daí imagina só minha cara de boba na época.
Às vezes ainda tenho essa cara, rs...
Deu vontade de postá-la aqui por uma série de razões...
Ela me dá uma sensação de frescor e vida!!! Parece até que o coração "respira" sorrindo... rs

Curtam!!!



Pensando Em Você

Composição: Paulinho Moska

Eu estou pensando em você.
Pensando em nunca mais
Pensar em te esquecer
Pois quando penso em você
É quando não me sinto só
Com minhas letras e canções
Com o perfume das manhãs
Com a chuva dos verões
Com o desenho das maçãs
E com você me sinto bem

Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer
Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer.

Eu, pensando em você.
Pensando em nunca mais
Pensar em te esquecer
Pois quando penso em você
É quando não me sinto só
Com minhas letras e canções
Com o perfume das manhãs
Com a chuva dos verões
Com o desenho das maçãs
E com você me sinto bem.

Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer
Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer.

Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer
Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer.

Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer
Eu estou pensando em você
Pensando em nunca mais
Te esquecer.

Pensando em você.
Pensando em você.
Pensando em você.
Pensando em você.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Miscelânia II

Novamente um misto dos meus textos aqui postados, com poucas frases novas. A intenção é que eles sejam meio confusos mesmo, afinal é assim que geralmente me sinto. Como hoje não bebi absinto, cerveja e smirnoff ice, rs (atos levianos cometidos ontem), além de ter visto uma peça muito gostosa hoje no santelisa (QUINTAL - A PONTE DO TEMPO, recomendo!); o texto está mais leve e feliz. Não que ele esteja totalmente assim, mas está mais que o de ontem, rs. É mais ou menos assim que me sinto hoje.
Por enquanto... vejamos amanhã. Se a crise existencial dará as caras!
Estou passando por mais um momento difícil (aliás, pior que os outros), isso se reflete nos meus textos. Mas, eu estou aqui para por pra fora tudo que sinto. Isso me faz bem. Afinal, esse blog sempre esteve ao meu lado, pois faz parte de mim. Eu ainda não encontrei alguém que me ouça realmente (Além do Marcos). Mas, eu prefiro escrever que falar...
Portanto... burradas, cagadas, arrependimentos, ilusões, alegrias, felicidades, descobertas à parte... vamos ao texto.

Bom domingo!

*VÃO AO TEATRO!!!



Miscelânia II

Estou fortalecida!

Será?!
Mudar terei
Graças à Deus!
Não sou de gelo
Descobri e vi coisas...
Não quero essa vida pra mim!
Esperava demais de ti
...você nunca mais foi...
Me sinto mais completa
Que assim seja então!
Quem sabe o que é melhor para nós
Somos nós mesmos
Os outros são meros obstáculos (às vezes)
Meu coração palpita
Estou vestindo nova armadura
A lágrima não corre
Ela custa chegar
Talvez seja a pior maneira de chorar
Essa nova experiência pode fazer um novo final
E expurgou de mim qualquer vestígio
Estou farta desse gosto
Estou farta por ser tão ridícula
Estou farta por amar
Desse meu jeito!
Estou farta por sofrer
Estou perdida!
Mas, por agora...
Fortalecida!

Gabriela Grecco DEZ/09

Miscelânia

Um misto de todos os meus textos postados aqui, com alguma coisa nova.
Bom final de semana.


Agora posso ver
O que na minha frente sempre esteve
O coração pulsa
A consciência fala, grita, esbraveja!!!
Descartável!
Estou balanceando
Pensamentos voam
Não quero pensar, nem duvidar, nem ter medo
Não sei mais o que de mim é loucura
Começo a pensar que é todo meu Ser!
Palavras vazias e atos repetitivos, banais às vezes...
Sou Humana
Sou Insana
Sou Mulher
Eu queria poder entender
Mas pra quê compreender, se viver é bem melhor?
E isso me toca no fundo
Algo está errado há muito tempo
Estou perdida
Como deixar a vida transcorrer?
Meu sangue agora é ácido
Circula em minhas veias
No ritmo descompassado do meu coração
Senti-me corrompida pelo ato que cometi
Ânsia na consciência
Ânsia na consciência
Ânsia na consciência
Sempre, quando mais preciso...
Não encontro alguém que me possa estender a mão
Descartável!
Ficarei agora para a eternidade
Ela nunca me abandonou...
Eu devo ser muito usável mesmo!
Tenho que me conformar em apenas contar comigo mesma!
Ficarei agora para a eternidade
Ela sempre esteve ao meu lado
Nunca me abandonou
Seguirei o conselho que um amigo disse há alguns dias
Vou parar de perder tempo com o que não acrescenta,
Pelo contrário... só tira!
Ingrata sou
Ingrata fui
Ingrata serei...
Ingrata, Idiota e Descartável!!!

Gabriela Grecco DEZ/09

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

RUNAWAY - THE CORRS

Mais uma linda música do The Corrs!
Essa é a versão acústica, que eu acho ainda mais linda!!!

A letra dela fala parte do que sinto no momento...

Curtam!





Runaway

Fugir



Say it's trueDiga que é verdade
There's nothing like me and you Não há nada como eu e você
I'm not alone Não estou sozinha
Tell me you feel it too Diga que você sente isso também


And I would runawayE eu fugiria
I would runaway, yeah yeah Eu fugiria, sim, sim
I would runaway Eu fugiria
I would runaway with you Eu fugiria com você


Because I, I'm fallin' in love with youPorque eu,eu estou me apaixonando por você
No, never, I'm never gonna stop Não, nunca,eu nunca vou parar
Falling in love with you De me apaixonar por você


Close the doorFeche a porta
Lay down upon the floor Deite-se no chão
And by candlelight E à luz de velas
Make love to me through the night Faça amor comigo a noite toda


'Cause I have runawayPorque eu fugi
I have runaway, yeah yeah E fugi, sim, sim
I have runaway, runaway, Eu fugi, fugi
I have runaway with you Eu fugi com você


Because I, I'm fallin' in love with youPorque eu,eu me apaixonando por você
No, never, I'm never gonna stop Não,nunca,eu nunca vou parar
Falling in love with you De me apaixonar por você


With you, my lovePor você, meu amor
With you Por você


And I would runawayE eu fugiria
I would runaway, yeah yeah Eu fugiria, sim sim
I would runaway Eu fugiria
I would runaway with you Eu fugiria com você


Because I, I'm fallin' in love with youPorque eu,eu estou me apaixonando por você
No, never, I'm never gonna stop Não, nunca,eu nunca vou parar
Falling in love with you De me apaixonar por você


I'm fallin' in love with youEu estou me apaixonando por você
No, never, I'm never gonna stop Não,nunca,eu nunca vou parar
Falling in love with you De me apaixonar por você


Runaway yeah,runaway yeahFugiria sim,fugiria sim
Runaway, runaway,runaway, runaway Fugiria,fugiria,fugiria,fugiria
runaway yeah,runaway yeah, Fugiria,fugiria,fugiria sim...
Runaway, runaway, runaway yeah... Fugiria,fugiria,fugiria sim...
with.....you....... Por... você...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Enxergar! Mudar terei...

Agora posso ver
O que na minha frente sempre esteve
Precisei ouvir pra ter certeza
O caminho traçado está
A ajuda de alguém que adora ajudar
Tudo aqui tem sua reação
Se me comprometi a tal tarefa
Os frutos hei de colher
Bons frutos por sinal
Nada como seguir a intuição
Precisei que me dissessem para acreditar
A voz Divina não me foi o suficiente
Por quê essa mania de duvidar?
Por quê essa falta de crença no meu poder?
Agora sei
Tudo posso ter
Tudo posso ser
Mudar terei!
De início não queria
Mas agora vejo que é necessário
No momento, a expectativa é maior que o receio
Graças à Deus!
Mudar terei
Não disse que será fácil
Mas, mais do que nunca, estou fortalecida!
Recebi ajuda Divina
Recebi ajuda Amiga
Mudar terei
Nada como enxergar
E parar com a frescura de não querer ver
Ou de não assumir as responsabilidades
Ajuda Divina terei
Ajuda Amiga...
E, enfim, serei!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Eu preciso de mim!

Estou balanceando
Pensamentos voam
Alguns se perdem por aí
Outros caem por terra
Estou balanceando
A idéia me parece tão satisfatória
Mas ao mesmo tempo utópica
Queria pô-la em prática agora
Mas como?!
Como?!
Se as convenções
Aí estão?
Me parece ser uma ótima alternativa
Um ar, uma brisa que irei respirar
Preciso pensar
Mas mais do que isso
Preciso sentir, viver
Cansei de só pensar
Às vezes acho que é somente o que faço
Pensar!
Eu preciso sentir esse gosto
Eu preciso apreciar essa idéia
Eu preciso saber como é
Eu preciso que você saiba também
Que aprecie
Que sinta
Algo no peito me sufoca
Quero pô-la em prática!
Eu preciso disso
Eu preciso de mim
Preciso das minhas vontades
Dos meus desejos
Minhas realizações
Eu preciso que você precise também
Eu preciso...
Eu preciso...
Eu preciso...
De mim!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Descartável

O coração pulsa
A consciência fala, grita, esbraveja!!!
Idiota!
Dor no peito
Dor no peito
Dor no peito!
Quantas vezes já a senti?!
Se não bastasse tantas vezes enxergar
Na mesma pedra hei de pisar
Porque após todo sofrimento
A dor se esquece
Não sou de gelo
Não sou!
E tenho pena de quem seja
O valor do conquistado
Com o tempo estou perdendo
Eu desviei tanto meu caminho...
Descobri e vi coisas
Que estariam fora do meu alcance
Não quero essa vida pra mim!
Jamais!
Nossa, hoje mais do que nunca, posso sentir!
Olhar pro lado
Olhar pro lado
Olhar pro lado
O tempo perdido...
Para de procurar criatura!
Para!!!
Objeto descartável...
Reciclável, renovável
Será?!
Prometi o que não poderia dar
O mesmo fizeram à mim
Prometer sem o ter
É atitude insana dos fracos
É desespero
É fadiga
É solidão!
Reciclável, descartável...
Ingrata sou
Ingrata fui
Ingrata serei...
Se para o lado não mais olhar
E deixar florescer tudo de belo e lindo guardado aqui
Cultivado com carinho há tantos anos
Espero poder ter o perdão
Eu espero me perdoar...
Mais uma vez!
Eu não nasci para ser de gelo
Sou Humana
Sou Insana
Sou mulher...
Sou poesia
Sou sentir, ver, tocar, apreciar
Eu sou tudo que um Ser pode ser
Só não posso mais...
Ser Ingrata, Idiota e Descartável!!!

domingo, 6 de dezembro de 2009

Mais uma vez...







Vou parar de me sabotar!!!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Complementar

No profundo olhar de teu Ser
Encontro uma dádiva, há tempos prometida à mim
Me completa, me alucina!
A certeza do encontro, se faz presente cada vez mais
O toque, o beijo, o olhar, o carinho,
Se complementam e se encaixam de tal forma
Como se há anos trocassem juntos o mesmo espaço,
Mesmo sendo essa a primeira vez que se enlaçam
Esperava demais de ti
E pela primeira vez, tive de alguém, muito mais que o esperado
Erro meu sempre querer demais
Talvez porque eu soubesse que você me daria muito
Te procurava por aí, sem saber...
Por que essa sensação de que há tempos nossos olhares se enamoram,
Nossas mãos se tocam, nossos braços se enlaçam e nossos lábios se acareciam?
Talvez ti fizeste parte da minha vida muito antes que eu possa imaginar
No momento, só quero poder ter isso sempre e sempre!
Sinto-me tão complementar, que é difícil imaginar-me sem esta parte de mim...
Não quero pensar, nem duvidar, nem ter medo
Quero apenas ter-te eternamente!

Gabriela Grecco

Fanatismo - Florbela Espanca

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver !
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida !


Não vejo nada assim enlouquecida ...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida !


"Tudo no mundo é frágil, tudo passa ..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim !


E, olhos postos em ti, vivo de rastros :
"Ah ! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus : Princípio e Fim ! ..."

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

THE CORRS - ONLY WHEN I SLEEP

Eu simplesmente acho essa música do THE CORRS perfeita! Romântica e doce!!!
Desde que lançaram sou apaixonada... divido com vcs o vídeo da versão acústica, a letra e a tradução.
Ela diz td que precisa ser dito.
Apreciem...

Melhor ainda se ouvida com fone.




Only When I Sleep

Somente Quando Eu Durmo



You're only just a dreamboatVocê é simplesmente um barco dos sonhos
Sailing in my head Navegando em minha mente
You swim my secret oceans Você nada em meus oceanos secretos
Of coral blue and red De corais azuis e vermelhos


Your smell is incense burningSeu cheiro é de incenso queimando
Your touch is silken yet Seu toque ainda é sedoso
It reaches through my skin Ele alcança minha pele
Moving from within Movendo-se de dentro
Clutches at my breasts Agarra-se em meus seios


CHORUS:Refrão:
But it's only when I sleep Mas é somente quando eu durmo
See you in my dreams Vejo você em meus sonhos
Got me spinning round and round Me rondando em círculos
Turning upside down Me virando de cabeça pra baixo


But I only hear you breatheMas eu apenas ouço você respirar
Somewhere in my sleep Em algum lugar do meu sono
Got me spinning round and round Me rondando em círculos
Turning upside down Me virando de cabeça pra baixo
(Only when I sleep) (apenas quando eu durmo)


When I wake up from slumberE quando eu acordo do sono
Your shadows disappear Sua sombra desaparecem
Your breath is just a sea mist Sua respiração é só a névoa do mar
Surrounding my body Envolvendo meu corpo


I'm working through the day timeEstou trabalhando durante o dia
But when it's time to rest Mas quando é hora de descansar
I'm lying in my bed Estou deitada em minha cama
Listening to my breath Ouvindo a minha respiração
Falling from the edge Caindo da ponte...


It's only when i sleepMas é somente quando eu durmo
yeah, yeah, yeah, yeah... Sim, sim, sim, sim...
It's only when i sleep Mas é somente quando eu durmo


Until the skyAté o céu
Where the angels fly Onde os anjos voam
I'll never die Eu nunca vou morrer
Higly dangerous É muito perigoso


It's reaches through my skinTocando minha pele
Moving from the within Movendo-se dentro de mim
Clutches at my breats Toma conta de meu peito


But it's only when i sleepMas é somente quando eu durmo
See you in my dream Vejo você em meus sonhos
Got me spinning round and round Me rondando em círculos
Turning upside down Me virando de cabeça pra baixo


But i only hear you breatheMas eu apenas ouço sua respiração
In the bed i lie Na cama que eu minto
No needs to cry Não preciso chorar
My sleep crying Chorando em meu sono
Higly dangerous Muito Perigoso

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

CORAÇÃO SUSPIRA

DEPOIS DE TANTO SUFOCAR
CHORAR, GRITAR...
ÀS VEZES SE ARREPENDER,
MEU CORAÇÃO VOLTA A SUSPIRAR,
RESPIRAR, ESPERAR E TER!
COMO É BOM TER UM SENTIDO,
POR MENOR QUE SEJA,
ELE SEMPRE NOS ENGRANDECE
E DÁ MAIS FÔLEGO
PRA DIFÍCIL CAMINHADA DA VIDA.
O CORAÇÃO PALPITA,
CANTA, SUSPIRA...
PEDE BAIXINHO POR MAIS.
PRA QUÊ TER POUCO, SE MUITO POSSO TER?
PRA QUÊ SOFRER, SE FELIZ POSSO SER?
É CERTO QUE VÁRIAS RAZÕES O FAZEM SORRIR
DAR GARGALHADAS, ÀS VEZES.
MAS HÁ SEMPRE A MAIS ESPECIAL,
QUE O FAZ VIAJAR E ME FAZ ENLOUQUECER!
NADA COMO A ARTE DO ENCONTRO!
É MAGIA, É LOUCURA, É DIVINO!!!
O QUE É RUIM EXPULSA
E REVERBERA O AMOR MAIS INTERIOR!
NÃO SEI MAIS O QUE DE MIM É LOUCURA.
COMEÇO A PENSAR QUE É TODO MEU SER!
QUERIA SEMPRE PODER ME SENTIR ASSIM!

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.