quarta-feira, 24 de novembro de 2010

[TEATRO] MOSTRA RIBCENA DE TEATRO COMEÇA NESTA SEXTA-FEIRA

  Segue programação da 9ª mostra de teatro Ribeirão Em Cena!

  São três espetáculos que valem muito a pena assistir!

  Teatro de qualidade por no máximo R$10,00.

  Faça algo bom por você, vá ao teatro!


A Mostra Ribeirão Em Cena de Teatro, em sua nona edição, apresenta neste ano, três espetáculos inéditos.

  Dia 26, sexta feira, estréia "A Comédia do Trabalho", com direção de Gracyela Gitirana. O espetáculo mostra o auge do capitalismo financeirizado, quando um banqueiro depende de ajuda governamental para vender seu negócio a um investidor estrangeiro. Um desempregado, em meio às massas de demitidos, tenta suicidar-se no alto da empresa em que trabalhou. Uma representante da Missão Filantrópica Internacional viaja ao trópico para oferecer sua ajuda. A massa de miseráveis da grande cidade se move caoticamente entre a insatisfação, o desespero e a rebeldia. A Comédia do Trabalho fica em cartaz até o dia 28 de novembro.

  Na seqüência, entre 30 de novembro e 3 de dezembro, a Mostra Ribeirão Em Cena apresenta "Hoje é Dia de Rock", com direção de Julio Cesar Avanci. Escrita por José Vicente, a peça conta a história de uma família do interior de Minas Gerais que vive o conflito entre a tradição e a modernidade, o ficar e o partir. O autor se utiliza da viagem como elemento preponderante para simbolizar a tensão entre o desejo de permanecer fiel às origens e o de conhecer outros lugares, em especial as grandes cidades.

   O terceiro espetáculo da Mostra tem direção de Renato Ferreira e fica em cartaz de 4 a 6 de dezembro. Baseado no livro "A conferência dos Pássaros", escrito por Farid Attar (poeta persa e profundo conhecedor da filosofia sufi), "Caminho dos Pássaros" conta a história de diferentes pássaros que se reúnem e são levados a refletir os contextos individuais e coletivos na qual estão inseridos até decidirem partir em busca de um rei para guiá-los. A obra original deu origem em 1979, à antológica montagem de The Conference of the Birds, de Peter Brook, uma das primeiras peças encenadas pelo CIRT - Centro Internacional de Pesquisas Teatrais.

  Reunindo perto de 100 bolsistas que estão concluindo o primeiro ano do Curso Iniciação Artes Cênicas, a IX Mostra Ribeirão Em Cena de Teatro é realizada através do Prêmio Areté Cultura Viva do Ministério da Cultura, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Bebidas Ipiranga, Independence Veículos, Usina Moreno, Doces Santa Helena e Maubisa.

Serviço:
26, 27 e 28 de novembro: A Comédia do Trabalho. Horário: 21h.
Teatro Ribeirão Em Cena. Rua Lafaiete 1084 Centro, Ribeirão Preto.

30 novembro, 1, 2 e 3 de dezembro: Hoje é dia de Rock. Horário: 21h.
Espaço Cênico Débora Duboc. Rua Floriano Peixoto, 479 Centro, Ribeirão Preto.

4, 5 e 6 de dezembro: "Caminho dos Pássaros". Horário: 21h.
Teatro da Ribeirão Em Cena. Rua Lafaiete 1084 Centro, Ribeirão Preto.

Ingressos: R$ 10 e R$ 5. Reservas: (16) 36107770.
Todos os espetáculos são recomendados a maiores de 16 anos.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A arte secreta do ator Brasil - Eugênio Barba!!!!!!!!

Estou correndo com meu TCC do curso de ADM por isso não posso me estender.
Estou com muitaaaaa vontade de me inscrever, mas como as apresentações do TCC serão de 10 a 12 de dezembro não sei se poderei ir! =/
Olha, não tenho palavras para descrever o que é o trabalho do Eugênio Barba, porque do pouco que conheço já me deixa totalmente encantada e com vontade por fazer e fazer e fazer esse loucura que são as experimentações!

Se puderem se inscrevam e torçam para serem selecionados!

Vale muito a pena!
Bjo Gaby!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Rockantygona - HOJE ÀS 21 HORAS com o ator Luís Melo

Uma tragédia grega clássica que mais que vale a pena assistir!
Encontro vocês logo mais a noite no teatro pedro II.
Gabriela

"Rockantygona"
(Com Luis Melo, Larissa Bracher, Armando Babaioff e Marcelo H. Concepção e Direção Guilherme Leme. Co-Direção Miwa Yanagizawa. Dramaturgia Caio de Andrade)
A história conta a trajetória de Antígona, que deseja enterrar seu irmão Polinices, morto em combate contra Tebas. O governante da cidade, Creonte, decreta que os mortos que atentaram contra a cidade não recebessem enterro ou qualquer rito funerário. Antígona desafia as leis e enterra o irmão, sozinha, sendo depois presa e condenada à morte. Uma montagem contemporânea da clássica tragédia de Sófocles.

Dia 11/11
21h - Teatro Pedro II (16 anos)
Ingressos retirados uma hora antes no teatro. Gratuito.

Abertas as atividades culturais paralelas ao 1º Festival de Teatro de Ribeirão Preto

O FESTIVAL DE TEATRO ESTÁ ACONTECENDO E NADA DA MÍDIA VINCULAR MUITO SOBRE ISSO. TEM MUITA GENTE QUE NEM SABE QUE ESTE FESTIVAL ESTÁ ROLANDO.
EU SINCERAMENTE PENSEI QUE AS OFICINAS E DISCUSSÕES FOSSEM SER MELHORES, PELO QUE VEJO, NÃO TEM MUITA COISA.
MAS, TA POSTADA AÍ UMA PARTE DA PROGRAMAÇÃO, NÃO SEI O QUANTO DELA, PARA QUE VOCÊS ACOMPANHEM E COMPARAREÇAM, SE POSSÍVEL.
UMA DAS DESVANTAGENS DE SE FAZER TEATRO É QUE NÓS COMPARECEMOS POUCO AO TEATRO POR ESTAR SEMPRE ENSAINDO. ALIÁS, PERDEMOS CASAMENTOS, ANIVERSÁRIOS, FESTAS, EVENTOS E SOMOS TAXADOS COMO CHATOS POR ISSO. MAS TUDO BEM, É MUITO RECOMPENSADOR. COMO TEREI A SEXTA-FEIRA DE FOLGA PARA DESCANSAR ANTES DA VIAGEM DE SÁBADO (DECIDIDO DE ÚLTIMA HORA QUE FOLGARÍAMOS), TENTAREI COMPARECER A ALGUMA COISA. HOJE ESTAREI NA PEÇA DO LUÍS MELO, QUE DAQUI A POUCO POSTO AQUI, DEPOIS NA FESTA NO DEBORAH DUBOC REALIZADA PELOS FORMANDOS DE 2010 DO RIBEIRÃO EM CENA, TURMA DA NOITE.

BOA QUINTA-FEIRA.
GABRIELA


CONTEÚDO ABAIXO RETIRADO DO SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO : http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/ccs/snoticias/i33principal.php?id=16425

Ribeirão Preto, 10 de Novembro de 2010

Abertas as atividades culturais paralelas ao 1º Festival de Teatro de Ribeirão Preto
Além da participação de 14 grupos teatrais da cidade, oficinas, workshops e bate-papos com renomados profissionais da área cultural movimentarão o 1º Festival de Teatro

Foto: Carlos Natal

Desenvolvimento e qualificação dos grupos teatrais: Festival de Teatro traz atividades gratuitas
Além de fomentar a cultura e destacar o trabalho de grupos teatrais locais, o 1º Festival de Teatro deu início nesta terça-feira, dia 9, a seqüência de atividades paralelas, que visam a qualificação e desenvolvimento de atores, estudantes, escritores e público interessado. Desenvolvido pelo Governo Municipal, por meio da Fundação D. Pedro II, Secretaria de Cultura e Sesc, os eventos, que tem entrada gratuita e acontecem na Casa da Cultura, Theatro Pedro II e Sesc, ministrados por renomados profissionais ligados ao segmento cultural.
Para o diretor de atividades culturais da Secretaria Municipal de Cultura, Valério Diass, o festival realiza importante papel na qualificação das companhias teatrais da cidade. "A proposta do festival é garantir entretenimento para a população, promover a cultura, mas também oferecer ferramentas para desenvolver e qualificar estes grupos", destaca Valério.
As oficinas "Dramaturgia para teatro infantil e jovem", coordenado por Marcelo Romagnoli e "Corpografia, coreografia e ritmo: processo criativo em teatro", ministrado por Eduardo Osório, deram início às atividades e seguem nesta quarta e quinta-feira, dias 10 e 11, em horários alternados, na Oficina 3, no Sesc. Já nesta quinta-feira, dia 11, às 19h30, no Auditório Meira Junior do Theatro Pedro II acontecerá o Café Filosófico com a atriz, dramaturga e professora de teatro Viviane Dias.
Compartilhando a história de 26 anos de existência do grupo Pia Fraus, Beto Andreatta e Dino Soto apresentam a oficina "Cenografia", na sexta-feira, dia 12, no Sesc. Ainda no dia 12, o workshop "Função social do palhaço", acontece no auditório da Casa da Cultura. As inscrições, que são gratuitas, podem ser realizadas antecipadamente. Mais informações pelo telefone (16) 3636-1206. 

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Beatnik Party

Festa Beatnik promove arte e cultura retomando o movimento sócio-cultural que envolveu os anos 50-60
Contra-cultura  e criatividade espontânea são os pilares do evento
 
 Bolsistas de iniciação teatral da ONG Ribeirão Em Cena promovem no dia 11 de novembro (quinta-feira), das 19h às 23h, a "Beatnik Party: hoje é dia de rock", no Espaço Cênico Débora Duboc, à Rua Floriano Peixoto, 479. A festa, cujo objetivo é reviver as manifestações culturais e artísticas dos anos 50-60, em que a geração "beat" evocava novas formas de expressão contra o que já estava preestabelecido, traz à tona as músicas dos artistas da época, como Bob Dylan, Janis Joplin, Jim Morrison, Jimi Hendrix, Beatles entre outros, que influenciaram toda uma geração.
 
Além das músicas que marcaram para sempre a história do rock in roll, o evento contará com intervenções e instalações artísticas preparadas pelos bolsistas que integram uma das turmas do projeto de formação teatral 2010 da ONG Ribeirão Em Cena. A turma, dirigida pelo ator e professor de interpretação Júlio Avanci, está produzindo a montagem de "Hoje é dia de rock", peça escrita por José Vicente e altamente consagrada pela crítica especializada do teatro brasileiro na década de 70. Um desafio e tanto para os iniciantes atores.
 
Segundo Avanci, além das experiências típicas de uma festa beatnik, o evento pretende compartilhar parte dos bastidores da montagem de "Hoje é dia de rock" com o público, agente principal do teatro sem a quarta parede, que rompe com a distância entre as pessoas e as personagens, fazendo surgir uma experiência única de sentido, emoção e arte.
 
Os convites para a festa estão à venda na ONG Ribeirão Em Cena, à Rua Lafaiete, 1.084. Valor R$ 5,00.
Telefone: (16) 3610 7770.
 
 
Sobre o espetáculo "Hoje é dia de rock"

Sem a quarta parede que separa as pessoas das personagens, "Hoje é dia de rock" dirigido por Júlio Avanci, conta a trajetória de Pedro, um artista lírico e sertanejo, pai de cinco filhos, que está prestes a conceber uma clave musical diferente da do método até então conhecido, mas tem sua criação interrompida pela necessidade de se mudar, com os filhos e a mulher, do sertão de Minas para a cidade, onde está o futuro e o desenvolvimento para todos. As cenas que se desdobram durante o espetáculo transitam entre o realismo cotidiano da família e o espaço místico dos sentidos, para dar à luz não somente o embate entre "a cidade e o sertão", "o novo e o velho", "a máquina e o homem", mas também às inquietações do artista que enxerga a própria realidade e luta para se colocar contra o que está pré-determinado.
 
O espetáculo estreia nos dias 30 de novembro, 1, 2 e 3 de dezembro, no Espaço Cênico Débora Duboc, à Rua Floriano Peixoto, 479. Para maiores informações (16) 3610 7770 – ONG Ribeirão Em Cena.
 
 
Sobre a ONG Ribeirão Em Cena
Criada em Ribeirão Preto, a ONG Ribeirão Em Cena é uma entidade de difusão cultural e inclusão educacional, que constitui um verdadeiro centro de ação teatral, com formação de atores, produção e difusão de espetáculos universitários, experimentais e alternativos. A escola conta com dois centros de pesquisas: o Espaço Cultural Ribcena e Espaço Cênico Débora Duboc, onde se mantêm uma instituição de referência para um projeto de teatro popular, coletivista e transformador. Criado há 9 anos, o Programa Ribeirão Em Cena já proporcionou, gratuitamente, iniciação teatral e profissionalização para mais de 3.500 jovens brasileiros.
 

domingo, 7 de novembro de 2010

A doce arte de se entregar

Por que palpitação repentina, suspiro e vazio interno?
Vontade que me consome, tira meu sono, me faz esquecer quem eu sou; ou me mostra minha verdadeira identidade...
Ao mesmo tempo que quero mudar, quero me jogar e fazer tudo que me dá vontade.
Sentir, aproveitar, me entregar ao máximo nesse balé ritmado por respiração intensa.
Eu quero fugir de mim e quero me encontrar.
Não sei qual desses caminhos me dirá quem verdadeiramente sou.
Queria poder ser tão intensa quanto meus desejos.
Queria deixar a mansuetude e a diplomacia de lado.
Queria me entregar verdadeiramente ao que almejo.
Queria não pensar um instante sequer e apenas sentir!
Esse querer me tira o fôlego e me deixa sem ar.
Palpitação repentina que pede por algo nunca vivenciado.
Uma vida planejada que clama por se desfazer.
Queria poder uma dia deixar de pensar...
E fazer meu corpo e espírito sentir a doce arte de se entregar!

Gabriela Grecco
07/11/2010

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

COOPERATIVISMO, a doutrina de colaboração.

Ontem eu fiquei refletindo sobre algumas coisas e imaginando que palavra elucidaria bem o que estava pensando e me veio na cabeça COOPERATIVISMO. Em uma sociedade tão competitiva temos muito pouco esse tipo de de DOUTRINA.
No dicionário a palavra COOPERAR tem como principal significado - Colaborar; COOPERATIVISTA - Cooperador, Colaborador; COOPERATIVISMO - Doutrina de Cooperação, de colaboração; esse colaborar tem uma amplitude tão grande, que nem fazemos ideia! Pense em tudo que podemos colaborar, consigo e com os outros...
É triste que em grupos que prezam e estudam tanto sobre lutas, ideais, amor ao próximo, COOPERAÇÃO, UNIÃO e que ainda por cima tentem mostrar o que isso representa ou representou, tenham pessoas tão individualistas e preocupadas com o que querem ou não fazer independente das outras pessoas do grupo que, em sua maioria, trabalham em prol do todo.
A maioria do que somos é devido a exemplos que tivemos em casa. Quando chegamos na "fase adulta" é extremamente difícil lidar com pessoas diferentes de nós. Tudo bem, ninguém precisa suportar o outro, mas ao menos tratá-lo com respeito, sim! Em certos momentos nossas questões pessoais, como dores, falta de vontade de fazer algo (preguiça mesmo), falta de habilidade, etc, devem ser superadas pelo bem comum, ainda mais se fazemos parte de um todo que quer mostrar e falar sobre isso com a sociedade. Não há maneira de alguém querer mostrar algo errado, injustiças que aconteceram e acontecem, sem ser verdadeiro, se nem ao menos o básico cumpre, quem dirá o mais difícil!
É lamentável, mas nada é construído de uma hora para outra, vem de casa, dos exemplos de quem nos ensina e da nossa própria prática com o tempo.
 
É triste que limitações individuais levem a tamanhas faltas de respeito e falta de COOPERAÇÃO.
 
Isso no trabalho de ator é algo extremamente importante, não há como ser um verdadeiro ator sem que aquilo que queremos dizer mude nossa visão e principalmente nossas atitudes. Nós artistas temos uma missão muito grande, que é, além de lutar pela nossa arte que perde pra tanta porcaria por aí, ver o que se passa pelo mundo e mostrar isso, mas antes ou durante, se modificar como pessoa diante de tudo que queremos mostrar; o AUTOCOCONHECIMENTO e a transformação pessoal são palavras permanentes em nossas vidas. As coisas não são algo que ficam somente no campo das ideias, mas das realizações principalmente. De nada adianta sair por aí esbravejando, lutar por políticas públicas mais justas, enfrentar o sistema, ter visões amplas sobre os assuntos, escrever e falar sobre tudo isso, se no nosso íntimo tudo continua igual, se somos estúpidos com nosso semelhante mais próximo, se não doamos nada verdadeiramente, se utlizamos um espaço gratuito e não contribuímos com nada material e pessoal para aquele local (isso foi um exemplo bem próximo de mim).
Os que mais gritam e reclamam por respeito são aqueles que menos respeitam. Quem respeita verdadeiramente ou pelo menos tenta, não sai gritando aos 4 cantos.
Reclama-se muito que se tem muitos "líderes" pra poucas pessoas, que muitos querem mandar e nada querem cumprir. Pelo que vejo, quem muito reclama e nada faz efetivamente ou age da mesma forma, nada tem a reclamar. Já vi tanta gente não sair gritando por aí exigindo respeito, não levar tudo a FERRO E FOGO e dar tanto resultado, COOPERAR tanto em tantos sentidos!
É disso que precisamos! De pessoas que abram a boca na hora certa, que respeitem sempre, quem cumpram com suas obrigações e que lutem pelo que realmente vale a pena para todos!
 
Precisamos de COOPERATIVISMO!!!
 
Gabriela Grecco
 
 

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

OFICINA DE PALHAÇO SESC

  I ENCONTRO: PALHAÇOS EM TODO LUGAR

 
Por Trás da Máscara Vermelha

SESC Ribeirão Preto
 
 
Dia(s) 19/11
Sexta, às 15h.
 
Coordenação Luis Godoy, fundador do Grupo Medicina do Riso de Americana - SP. Busca a valorização e o respeito ao palhaço, trabalhando expressões do corpo, triangulação, fé cênica e psicodrama. Aborda a essência do palhaço, mostrando o seu papel dentro da sociedade, trabalhando o que existe por trás do nariz vermelho. A partir de 16 anos. No Espaço Cultural Zibaldoni. Rua Laguna, 1951, Jardim Paulistano. Vagas limitadas. Inscrições antecipadas pelo e-mail: encontrodepalhacos@gmail.com
GRÁTIS

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.