segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Boa noite!



Boa noite!
Hoje queria falar sobre o ensinamento do Evangelho de ontem, que foi tão importante! Nossa, como eu precisava daquelas palavras. Santo Agostinho sempre me toca demais, mas o ensinamento de ontem, diante de tudo que está acontecendo, aliás há muito tempo, foi essencial pra mim, principalmente pra fortalecer minha fé. Caiu "O mal e o remédio" do capítulo "Bem aventurados os aflitos".
Mas não vou falar sobre o ensinamento. Sinto que não darei a devida atenção agora. Estou tão cansada e com tanto sono! Minha mãe precisa dormir e eu também, ainda nem tirei a roupa que cheguei do teatro, tive reunião hoje.
Vi essa imagem no face e quero postar, acredito que resuma tantas coisas que acontecem em nossas vidas com relação às relações humanas, como disse no post anterior. Muitas coisas acontecem porque devem acontecer e será muito melhor pra nós. De início não entendemos, mas com o tempo percebemos que foi melhor assim. Mas que dói, isso dói e muito.
É triste quando um amigo(a), um namorado(a), e um parente (às vezes pior, ainda mais se próximo), se tornam estranhos. [Mas quantos estranhos são tão mais amigos?!]
Por que deixamos isso acontecer? Por várias razões né? Nem todo mundo é só "anjo" ou só "demônio" como pintam, ou seja, todos são inocentes (ou no caso "culpados") até que se prove o contrário né?
O fato essencialmente, acredito que seja expandir nossos horizontes. Fazer o que por ventura é difícil para nós, mas que vai nos fazer bem de alguma forma, porque a vida é assim, expansão! Além disso, aceitar coisas que devem acontecer também, isso é se expandir. A vida acaba dando um jeito de afastar da gente o que não nos faz bem, ou o que nos bloqueia pra algo muito melhor. Muitas vezes não enxergamos que uma pessoa, lugar ou hábito não nos faz bem, mas a lei da vida nos tira o que não é pro nosso engrandecimento; é claro, se nos permitirmos e se for do nosso merecimento.
Muitas vezes, fazemos tudo que podemos por alguém, nos machucamos demais, recebemos somente ingratidão em troca, sabemos que não tivemos a responsabilidade pelo que aconteceu. Se isso é realmente verdade, é melhor aceitar e seguir em frente.
Dói, mas tanta coisa na vida dói não é? A diferença é a importância que damos pra essa dor.
Eu comecei esse post com uma coisa meio doída, pensando de como é ruim (na minha mente na verdade). Acabei concluindo com algo positivo, de que as coisas são como devem ser. Sei que fazemos muita merda às vezes e metemos os pés pelas mãos também, e isso tem que ser levado em conta. Mas devemos aceitar um pouco mais as coisas que de início não podemos enxergar. Volto a fazer o contraponto. Isso não pode servir de desculpa para que tiremos nossas responsabilidades de tudo, afinal o que é a vida se não uma constante de ação e reação?!
Continuemos atentos às nossas ações, pois vão provocar reações. Mas preparados também para o que vier, e se Deus quiser, pelo menos um pouquinho conscientes. Se assim não for, aceitemos, uma hora a gente compreende o que aconteceu!

2 comentários:

  1. Caríssima Gabi.
    sou um leitor/ fã do seu blog e concordo com você. Há coisas que podemos mudar e coisas que mudam por si só. Alguns relacionamentos são verdadeiras experiências e um grande aprendizado; nada mais... Às vezes nos apegamos a pessoas, a situações e lugares, porém não reconhecemos o quanto são (ou serão) nocivos para nós e vice-versa, já que nós também podemos ser prejudiciais a outrem. Acho que devemos nos focar, em qualquer situação, no lado positivo, no lado verdadeiro e sublime das coisas. É daí que tiramos o gás para continuarmos nessa jornada chamada vida!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido! Obrigada pelo seu comentário! Fico feliz, pois sei então que tenho pelo menos 3 fãs! rsrs
      Lindo o que escreveu. Você tem razão, o foco, em algo positivo como vc disse, é chave pra muita coisa. Ele está ligado com tudo que venho falando no blog, com o amor, a fé, o entusiasmo!
      Fiquei extremamente entusiasmada agora!
      Abraço!
      =D

      Excluir

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.