sexta-feira, 9 de abril de 2010

MULHERES DA HISTÓRIA [SÉRIE] - ELZA MONNERAT


Ativista política, Elza Monnerat nasceu no dia 19 de outubro de 1913, na cidade de Bom Jardim, RJ. Em 1945, com o fim do Estado Novo, tomou parte na campanha pela anistia dos presos políticos; logo a seguir ingressou no Partido Comunista do Brasil (PCB).
Como militante do PCB, participou da campanha pela convocação da Assembléia Nacional Constituinte e, mesmo após a decretação da ilegalidade do partido, em 1947, das campanhas contra a intervenção militar dos EUA na guerra da Coréia. No início da década de 1950, tomou parte também nas campanhas por aumento salarial, contra a carestia e pelo monopólio estatal do petróleo. A partir de 1956, com a denúncia dos crimes de Stalin e divergências do partido, Elza juntou-se ao grupo que abandonou o PCB para formar o PC do B.
Após o golpe militar de 1964 abandonou seu emprego e entrou na clandestinidade. Foi encarregada de difíceis missões, como a de montar 'aparelhos' onde a direção do Partido pudesse se reunir em segurança e onde seus integrantes pudessem viver escondidos, cuidando também do deslocamento dos militantes entre estes endereços Em 1967, foi para a região do Araguaia, onde ficou até 1972. Sua função era escolher a área onde o partido pudesse implantar a guerrilha rural destinada a combater militarmente a ditadura, em seu projeto de estabelecer um governo socialista no país. Estabelecida como pequena comerciante, junto com outros militantes, e conhecida do povo local pelo codinome de 'Dona Maria', passou os anos seguintes transportando militantes do sul do país até a região escolhida, no local conhecido como Bico do Papagaio, ao longo do rio Araguaia, e fazendo a ligação entre os militantes da guerrilha com a direção central em São Paulo. Voltou para São Paulo e foi presa pelos militares no dia 16 de dezembro de 1976, com outros dirigentes do PC do B. Permaneceu presa até 1979, quando foi beneficiada pela lei da Anistia.
Sem dúvida alguma, um exemplo de Ser Humano, que lutou e sofreu pelo bem comum!

Fontes:

Dicionário Mulheres do Brasil (de 1500 até a atualidade, biográfico e ilustrativo)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Elza_Monnerat

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.