sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

O último Adeus

Como será o nosso último Adeus?
Quando será?
Demos muitos pra tantos que se vão
Mas, e nós?
Saberemos que aquele será o último?
Ou falaremos com a ideia de um reencontro em breve?
Nunca sabemos
O próximo minuto pode ser o mais extraordinário possível, em todos oa sentidos
Nunca deixe nada para daqui a pouco
Qualquer palavra dita, qualquer ato, qualquer pensamento, qualquer briga, podem ser os últimos
Adeus

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

A sutileza que me falta

A sutileza, na maioria das vezes é algo que não me pertence
A nobreza se um dia pousou por aqui, há muito se esvaiu
A delicadeza dos traços ou da pele, nada tem a ver com meus pensamentos
Insanidade é teu nome
Insana sou, insana fui
Mas hoje essa insanidade é menos pensada e menos vivida que tempos atrás
Minha insanidade muitas vezes tem nome
Minha insanidade tem muitas fases
Quantas fases ei de ter?
Quantas serei eu?
A sutileza que me falta me corrói o Ser
A brutalidade, que teima em aparecer nas horas menos propícias
Brutalidade que também muito me ajudou, me salvou
Neste misto de delicadeza e braveza, vivo em ondas
Ondas tempestivas
Ondas ressentidas
Ondas leves
Sutis
Hora sou mar
Hora sou rio
Água corrente
Parada
Um ciclo vicioso de ser e fazer
Não ser, não fazer
Os velhos padrões e hábitos, mais do que nunca, não me servem mais
Novos atos
Atos malucos
Que bem não me fazem
Onde está aquela minha clareza
Onde está meu foco?
A sutileza que me falta me corrói
Ela vem em momentos nada propícios
Ela vem quando menos preciso
Coragem ainda não me falta
Mas ação, como me falta ação!
E como me sobra também!
Essa inercia doída
Esses atos impensados
Quanto sentimento há dentro de mim!
Quanta sujeira que trago
Quanta limpeza tento fazer então
Tento o equilíbrio em vão
Tudo se movimenta, tudo transborda
Creio que essa possa ser uma ação
Para que o frívolo vá embora!
Essa sutileza que anda me faltando
Anda aos poucos me matando
Nunca fui assim
Nunca!
Depois de todo esse balanço, essa tempestade
Quantas terei em mim?

Gabriela Grecco
26/11/2015

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Se eu Morrer Antes de Você - Chico Xavier

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor: 
Chore o quanto quiser, mas não brigue com 
Deus por Ele haver me levado. 

Se não quiser chorar, não chore. 
Se não conseguir chorar, não se preocupe. 
Se tiver vontade de rir, ria. 

Se alguns amigos contarem algum fato a 
meu respeito, ouça e acrescente sua versão. 
Se me elogiarem demais, corrija o exagero. 

Se me criticarem demais, defenda-me. 
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, 
mostre que eu tinha um pouco de santo, mas 
estava longe de ser o santo que me pintam. 

Se me quiserem fazer um demônio, mostre que 
eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas 
que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo. 

Espero estar com Ele o suficiente para continuar 
sendo útil a você, lá onde estiver. 

E se tiver vontade de escrever alguma coisa 
sobre mim, diga apenas uma frase: 
"Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis 
mais perto de Deus!" 

Aí, então derrame uma lágrima. 
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas 
não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar. 

E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de 
minha nova tarefa no céu. 
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha 
na direção de Deus. 

Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz 
vendo você olhar para Ele. 
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, 
sem nenhum véu a separar a gente,vamos viver, 
em Deus, a amizade que aqui nos preparou 
para Ele.

Você acredita nessas coisas? 

Então ore para que nós vivamos como quem 
sabe que vai morrer um dia, e que morramos 
como quem soube viver direito. 

Amizade só faz sentido se traz o céu para 
mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo 
o seu começo. Mas, se eu morrer antes de 
você, acho que não vou estranhar o céu.. 
Ser seu amigo... já é um pedaço dele..."

Chico Xavier

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O Amor

O amor não vê raça, cor, credo
Não vê sexo, gênero, profissão, bens
Ele não se importa com a idade, com a altura, o tipo físico
Muito menos com o gosto que se tem

O amor acontece
Não é programado
Nem premeditado
Ele não obedece aos nossos planejamentos
Não se importa com a razão, com a confusão que nossas mentes criam
Ele transforma tudo por dentro

Ele chega devagar e devastador
Faz florescer nos solos mais áridos
Ilumina a mais forte escuridão
Com ele somos mais cálidos

Traz planos pra quem não os tinha
Esperança aos desafortunados
Ele mostra o que não se via
Elimina o arbitrário

Revela as mais lindas sutilezas
Nos faz agir com mais delicadeza

E ao contrário do que pensam
Quem ama não fica cego
Nem mesmo o amor é cego
Quem ama enxerga o invisível
E não nota o desprezível

Há muitos contrários ao amor
Pessoas pobres de coração
Elas não sabem o que é amor
Não sabem o que é o perdão

Não amam e não deixam amar
Se preocupam em atrapalhar
Não vivem suas próprias vidas
Querem viver a de quem está a amar

Com o amor há mais Vigor
Com ele há mais Disposição
Os que amam vivem em Esplendor
Os que não em Exasperação


Gabriela Grecco
26/10/2015

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

#FICAADICA #FAZBEMPRATODOMUNDO

Boa tarde!
Século XXI, Ano 2015 e a gente ainda tem que sofrer lutar por amAr!
Ótima semana pra todos!

 
 

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

MOTIVO - Cecília Meireles

Motivo
 

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.


Irmão das coisas fugidias, 
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.


Se desmorono ou se edifico, 
se permaneço ou me desfaço, 
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.


Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.
 

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Histórias embrulhadas em papel de preconceito

Eis que a história se repete
Cada uma num canto
Um canto para cada uma

Escolhas a serem feitas
Escolhas que ali não deveriam estar
Escolhas impostas
Por que meu Deus assim há de ser?

Mas a história por todo canto se repete
Cada uma sozinha num canto
Um canto apertado pra cada uma


Gabriela Grecco
Agosto 2015

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

O T Eeeeee mmm P ooooooo ooo oo o o o o o o o o o O O O

O tempo    passa


E     passa


 Descompassado


                            Ritmado



O tempo



                         passa




Vai


           E



                                           Volta


Não Vejo passar



                                           Vejo cada minuto



E o            tempo      

                                           p   a   s   s   a



F l u i


Atravanca


                                 eMPa c       a



O                            T
                    e
                              m
                                     p


                                                    o o o o o




P                 A                
                           S
                                            S
           A




Gabriela Grecco

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Quero conjugar nos meus poemas todos tempos possíveis com você!

A vida, tão surpreendente, como sempre
Não poderia me ver descontente
E me trouxe você

Para os meus dias clarear
Minhas noites aconchegar
E em meus silêncios dizer

Que é necessário ter fé
Que é preciso sorrir
E imprescindível viver!

Viver, mais do que nunca, o agora
Dar o passo sem demora
Mas também não se apressar

Aproveitar o momento
E tudo que contém dentro
De uma simples fração

Hora, minuto, segundo
Que passam voando
Como se eu estivesse sonhando

Sonho maluco
Inesperado
Inusitado
Almejado
DOCE!
Mas, sonho conquistado

Realidade concreta

Dizem muito por aí que o PRESENTE tem seu nome proposital
Realmente
O tempo presente é um agrado de Deus

Que não exista pessoa
Que não exista corrente
Capaz de estragar
Esse momento meu e seu!



(Quero conjugar nos meus poemas todos tempos possíveis... com você!)


Gabriela Grecco

quarta-feira, 29 de julho de 2015

[MÚSICA] [VÍDEOS] Sade - By Your Side (Ao seu lado)






By Your Side
You think I'd leave your side baby?
You know me better than that
You think I'd leave down when your down on your knees?
I wouldn't do that

I'll do you right when your wrong
I-----ohhh, ohhh


if only you could see into me


oh, when you're cold
I'll be there to hold you tight to me
When you're on the outside baby and you can't get in
I will show you, you're so much better than you know
When you're lost, when you´re alone and you can't get back again
I will find you darling I'll bring you home

If you want to cry
I am here to dry your eyes
and in no time you'll be fine

You think I'd leave your side baby
You know me better than that
You think I'd leave you down when you down on your knees
I wouldn't do that

I'll do you right when your wrong
I-----I, ohhhh, ohhh


If only you could see into me


Oh when you're cold
I'll be there
To hold you tight to me
Oh when your alone
I'l be there by your side baby
repeat 1x
Ao seu lado
Você pensou que eu fosse abandoná-lo, querido
Você devia me conhecer melhor do que isso
Pensou que eu o deixaria nos seus momentos difíceis
Eu não faria isso

Você age certo quando quer
Ohh...
Quisera que você conhecesse o meu interior

Oh, quando sentir frio
Estarei com você abraçando-o bem forte

Quando estiver numa situação complicada
Vou lhe mostrar que você é melhor do que pensa
Quando se sentir perdido, quando estiver sozinho e não puder voltar atrás de novo
Vou encontrá-lo e levá-lo para casa



Se você quiser chorar
Estou aqui para secar suas lágrimas
E em pouco tempo estará se sentindo melhor

Você pensou que eu fosse abandoná-lo, querido
Você devia me conhecer melhor do que isso
Pensou que eu o deixaria nos seus momentos difíceis
Eu não faria isso

Você age certo quando quer
Ohh...
Quisera que você conhecesse o meu interior

Oh, quando sentir frio
Estarei com você abraçando-o bem forte









Link: http://www.vagalume.com.br/sade-adu/by-your-side-traducao.html#ixzz3hK9vpaEi

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Hoje

Não há nada mais precioso do que o HOJE

Viva cada momento intensamente

Não se prenda ao passado

Não tema o futuro

Viva cada passo, um de cada vez

Não de forma irresponsável

Não sem planejar

Nem esquecendo e aprendendo com o que foi

Mas viva o presente!


Boa semana!

Gabriela Grecco

terça-feira, 21 de julho de 2015

RECONHECIMENTO

O RECONHECIMENTO QUE EU ALMEJAVA
RECONHECIMENTO PERDIDO
MELHOR DO QUE SONHAVA!
TUDO QUE ME FORA BANIDO
COM AMOR TRATADA
LEVADA COM CARINHO
AH, COMO É BOM SER AGRACIADA!
MAS, PENA QUE NADA É INFINITO
GABRIELA GRECCO
21/07/2015

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Caí pra Terra

E hoje acordei de um sonho ou pesadelo!
Nem parece verdade
Poxa, que saudade!!!

terça-feira, 14 de julho de 2015

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Certo no momento errado

Te adoro mais do que pretendia
Te desejo mais do que deveria
Te tenho menos do que gostaria
Te quero mais do que poderia


Gabriela Grecco

terça-feira, 7 de julho de 2015

AQUELA MULHER

AH, AQUELE ROSTO...
A MULHER DE OLHAR VIBRANTE
A MULHER COM AR SERENO
ROSTO PARALISADO A ME FIXAR, PARA QUE A FIXE
A MULHER DAQUELA POSTURA
AQUELA MULHER QUE ME OLHA, ME TOCA
AQUELA MULHER SEM DÚVIDAS, COM ALGUMAS CERTEZAS
A MULHER QUE SE PERMITE ENTREGAR
QUE NÃO SUCUMBE AO MEDO, QUE NÃO SE DEIXA LEVAR POR SUAS AMARRAS

A MENINA-MULHER DE TRAÇOS PERFEITOS, CONHECIDOS (SEM SABER) HÁ TEMPOS POR MIM
A MULHER QUE DEIXA SEU ROSTO IMÓVEL PARA QUE MEU OLHAR O PERCORRA
AQUELA MULHER QUE CONHEÇO, SEM CONHECER E NÃO CONHEÇO CONHECENDO
A MULHER QUE QUERO, SEM QUERER
A MULHER QUE RECONHEÇO
A QUE ME FAZ BALANÇAR EM MINHA MURALHA DE AUTOCONTROLE, DE EMPENHO, DE MEDITAÇÃO

A MULHER QUE EU NÃO BUSCAVA E SIMPLESMENTE SURGIU
QUE EU NADA ESPERAVA E PROSSEGUIU

A MULHER DAS CURVAS DELINEADAS
DO CORPO QUE ARREPIA AO MEU MENOR TOQUE, AO SOM DA MINHA VOZ, DO MAIS SUAVE BEIJO, DO PENETRANTE OLHAR...
A QUE SE ABOBALHA TODA
A UNIÃO MAGNÉTICA DAS NOSSAS PELES, OLHARES E PENSAMENTOS

A QUE VIVE COM INTENSIDADE E SUTILEZA NOSSO MOMENTO
QUE FALA O QUE SENTE
QUE SE PERMITE E PERMITE PERMITIR
A MULHER QUE EU NÃO PROCURAVA
QUE SURGIU EM UM MOMENTO DE INTENSA, ÀS VEZES DOLORIDA, MAS BOA SOLIDÃO!
EM UM MOMENTO EM QUE ESTAVA ACOMPANHADA SOMENTE DE MIM

EU, EM MUITOS MOMENTOS, MESMO SEM QUERER, QUIS TER VOCÊ PRA MIM
MAS QUIS, AQUELA MULHER
A MULHER QUE VI HJ EM BREVES SEGUNDOS
QUE VI ALGUMAS OUTRAS VEZES....

A MULHER SEGURA
ENTREGUE
AMOROSA
INTENSA
SINCERA
TRANSPARENTE, SEM VÍCIOS, SEM AMARRAS

NOSSOS CAMINHOS SE CRUZARAM CURIOSAMENTE, FREQUENTEMENTE, SEM SABERMOS
ESSA MULHER QUE A VIDA COLOCOU EM MEU CAMINHO DURANTE TODA A VIDA!

SE UM DIA ESSA MULHER EXISTIR INTEGRALMENTE, SE UM DIA, ESSA MULHER SE PERMITIR E EU ASSIM ME PERMITIR TAMBÉM, O INEVITÁVEL VAI ACONTECER


POR HORA... NÃO NOS É PERMITIDO!


EU NÃO QUERO O MEDO
A METADE
A DÚVIDA
A INCERTEZA
NÃO QUERO ME AFASTAR DE MIM!


E HOJE, EU FINALMENTE PERCEBI:
EU QUERO AQUELA MULHER!



NÃO POR HORA
        NÃO NO MOMENTO
                                             
                QUERO QUANDO ELA EXISTIR INTEGRALMENTE... pra sí, pra vida e para se permitir!



GABRIELA GRECCO
07/07/2015

segunda-feira, 29 de junho de 2015

CICLOS

Ciclos, ciclos, ciclos

A vida é feita de ciclos!

Respeitemos os nossos e os alheios


Namastê!

Gabriela Grecco

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Saudade

Que saudade!
Saudade da sua doce voz!!!
Das suas ligações pra mim!
Do seu olhar com amor
Do abraço acolhedor
Da sua carência
Da sua força
Do seu ouvir verdadeiro, tão sem julgamento!
De me preocupar com você
De você se preocupar comigo
Saudade do seu amor!
Do seu aconchego
De te aconchegar
De trocar Cafunés
De coçar suas costas
De você massagear e fazer carinho nas minhas
Sim, saudade da sua presença física e de todo o seu Ser!
Saudade de você minha mãe!

quinta-feira, 18 de junho de 2015

TEMPO

TEMPO DE SILÊNCIO

TEMPO DO AGORA

TEMPO DE PENSAR E NÃO PENSAR

APENAS UM TEMPO

E DEPOIS DESSE TEMPO

HÁ DE TUDO SE ENCAMINHAR...

...JÁ ESTÁ SE ENCAMINHANDO!



*AGUARDEM A VOLTA DO BÁU!
UMA PEQUENA PAUSA APENAS POR UM TEMPO!

GABRIELA

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Sozinha...

MINHA RAINHA AGORA VIVE EM OUTRO PLANO... HÁ MAIS DE 1 MÊS
ÔH MINHA MÃE, MINHA COMPANHEIRA! COMO VOCÊ ME FAZ FALTA!
DESCANSE E UMA VEZ NA VIDA, SIM, NA VIDA, PENSE EM VOCÊ
ESTAREMOS SEMPRE LIGADAS
TE AMO MUITO MINHA MÃE!


sexta-feira, 13 de março de 2015

VIDA

VIDA VIDA VIDA

QUANDO A VIDA TERMINA
QUANDO ELA COMEÇA?

ACREDITO QUE NUNCA TEMOS A RESPOSTA EXATA
MAS PODEMOS VIVER CADA MOMENTO, INDEPENDENTE DE QUAL SEJA, COMO ÚNICO.

E DEGUSTAR!

ME "GUSTA"
MESMO O QUE NÃO ME "GUSTA"!


GABRIELA GRECCO

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Sinto constatar e finalmente admitir:

O amor na maioria das vezes não vence!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Que seja assim então!

Sim, tds merecem o q passam. Mas qtos merecem por dar tanto a cara a tapa?! Sem medo de serem julgados, serem expostos?! Qtos?! Pouquíssimos!
Continuarei transparente pra mim e pro mundo, mesmo q isso me mate. Prefiro viver uma vida assim, que uma vida em vão.

Gabriela Grecco

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Nem comigo posso contar

Muitas vezes fui descartável
Outras reutilizável quando fosse preciso
Hoje, quando já ajudei tantos a andar, a conquistar tanto...
... eu estou aqui
Nem reutilizável sou mais
Nem pena, nem culpa, nem falta, sentem por mim
Sofri calada
Às vezes explodi
Mas agora
O que mais sinto em minha vida
É esse líquido doído que cai no meu estômago corroendo tudo
Inclusive o pouco de forças que tinha em mim

Só esse líquido

Tão venenoso

Venenoso como muitos que me cercam sem cercar
Como muitos que aqui poderiam estar

Líquido que sai de mim!

Nem comigo posso contar!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

O que me mata

Gostaria de sorrir mais
Gostaria de fazer mais sorrir

Dor

Ácido que acaba comigo por dentro

Todos os dias


gabriela grecco

sábado, 10 de janeiro de 2015

Gota

Neste momento sou esta gota
Este resquício
Isto que trata a causa
Mas sou também como o orvalho
Oh orvalho esquecido
Sou a última gota
Límpida
Suja
Doce
Bem amarga
Mas quantas gotas?
Que gotas?
Sou essa, independente de gotas
A gota encerra e inicia o ciclo
Cada ciclo
Quantas gotas
Quais tipos?
Tipos certos de gotas?
As certas pro momento
Ou não!
Em alguns faltam-lhe gotas
Em outros, as sobram
De todos os tipos

Há medida certa?

Não sei

Há gotas!


Gabriela Grecco

Boa noite
Bom dia

Há gotas

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

A raiva queima
O ódio aniquila

E o ressentimento....

O ressentimento mata!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Nunca sabemos quando será nosso último suspirar

E nossa última lágrima

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

É realmente muito difícil não se perder neste mundo

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.