quinta-feira, 26 de novembro de 2015

A sutileza que me falta

A sutileza, na maioria das vezes é algo que não me pertence
A nobreza se um dia pousou por aqui, há muito se esvaiu
A delicadeza dos traços ou da pele, nada tem a ver com meus pensamentos
Insanidade é teu nome
Insana sou, insana fui
Mas hoje essa insanidade é menos pensada e menos vivida que tempos atrás
Minha insanidade muitas vezes tem nome
Minha insanidade tem muitas fases
Quantas fases ei de ter?
Quantas serei eu?
A sutileza que me falta me corrói o Ser
A brutalidade, que teima em aparecer nas horas menos propícias
Brutalidade que também muito me ajudou, me salvou
Neste misto de delicadeza e braveza, vivo em ondas
Ondas tempestivas
Ondas ressentidas
Ondas leves
Sutis
Hora sou mar
Hora sou rio
Água corrente
Parada
Um ciclo vicioso de ser e fazer
Não ser, não fazer
Os velhos padrões e hábitos, mais do que nunca, não me servem mais
Novos atos
Atos malucos
Que bem não me fazem
Onde está aquela minha clareza
Onde está meu foco?
A sutileza que me falta me corrói
Ela vem em momentos nada propícios
Ela vem quando menos preciso
Coragem ainda não me falta
Mas ação, como me falta ação!
E como me sobra também!
Essa inercia doída
Esses atos impensados
Quanto sentimento há dentro de mim!
Quanta sujeira que trago
Quanta limpeza tento fazer então
Tento o equilíbrio em vão
Tudo se movimenta, tudo transborda
Creio que essa possa ser uma ação
Para que o frívolo vá embora!
Essa sutileza que anda me faltando
Anda aos poucos me matando
Nunca fui assim
Nunca!
Depois de todo esse balanço, essa tempestade
Quantas terei em mim?

Gabriela Grecco
26/11/2015

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Se eu Morrer Antes de Você - Chico Xavier

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor: 
Chore o quanto quiser, mas não brigue com 
Deus por Ele haver me levado. 

Se não quiser chorar, não chore. 
Se não conseguir chorar, não se preocupe. 
Se tiver vontade de rir, ria. 

Se alguns amigos contarem algum fato a 
meu respeito, ouça e acrescente sua versão. 
Se me elogiarem demais, corrija o exagero. 

Se me criticarem demais, defenda-me. 
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, 
mostre que eu tinha um pouco de santo, mas 
estava longe de ser o santo que me pintam. 

Se me quiserem fazer um demônio, mostre que 
eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas 
que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo. 

Espero estar com Ele o suficiente para continuar 
sendo útil a você, lá onde estiver. 

E se tiver vontade de escrever alguma coisa 
sobre mim, diga apenas uma frase: 
"Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis 
mais perto de Deus!" 

Aí, então derrame uma lágrima. 
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas 
não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar. 

E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de 
minha nova tarefa no céu. 
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha 
na direção de Deus. 

Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz 
vendo você olhar para Ele. 
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, 
sem nenhum véu a separar a gente,vamos viver, 
em Deus, a amizade que aqui nos preparou 
para Ele.

Você acredita nessas coisas? 

Então ore para que nós vivamos como quem 
sabe que vai morrer um dia, e que morramos 
como quem soube viver direito. 

Amizade só faz sentido se traz o céu para 
mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo 
o seu começo. Mas, se eu morrer antes de 
você, acho que não vou estranhar o céu.. 
Ser seu amigo... já é um pedaço dele..."

Chico Xavier

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.