quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Todas e nenhuma

Tenho em mim todas e nenhuma. Tenho em mim o mundo.
Habito o inabitável. Almejo o inalcançável.
Sou guerra. Sou paz.
Sou o meu interior e o mundo.
Construo fantasias. Desfaço meus castelos.
Sonho, almejo. Desisto.
Tenho em mim todas e nenhuma. Todas, menos eu.
Sou as águas profundas. Sou o céu.
Almejo o que não posso. Não faço o que está ao meu alcance.
Sou fé e descrença. Sou esse ser conflitante.
Quero com todas as minhas forças. Não quero mais.
Sou capaz de ser todas. E não sou mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.