domingo, 11 de novembro de 2012

DEVASTAÇÃO INTERNA

Até quando provocaremos dores desnecessárias?
Eu quero escrever algumas coisas que estarão neste texto há tanto tempo, mas estava esperando o momento certo. Sabe, aquela hora?! É... acho que é agora!
Quando eu era criança, dentre os meus sonhos estava o de ser tia... é, ser tia! Eu tenho um primo que é uns 5 anos mais velho que eu e na época ele já era tio, tipo com uns 12 anos e eu achava isso o máximo! Ficava sonhando quando meus irmãos (bem mais velhos que eu) teriam seus filhos pra eu ajudar a cuidar, brincar, paparicar, amar... amar os filhos de quem amo tanto!
Todos os meus irmãos são meio irmãos. O mais velho (irmão por parte de mãe) é 14 anos mais velho que eu, o do meio 10 anos e a minha irmã quase 9 anos (esses dois são por parte de pai). Bom, nem um nem outro se casou tão cedo e nem teve filhos.
Meu irmão mais velho casou-se, mas não teve filhos e se separou.
Meu outro irmão se casou uns 7 anos depois e minha irmã ainda não se casou...
Enfim...

Hoje eu sou tia.

Mas sabe quando você tem uma profissão e não exerce? Também sou designer de interiores. E não exerço.
Sou tia. 26 anos de idade me torno tia. Há um ano sou tia. 20 anos sonhando e finalmente sou. Mas não exerço e me doi demais.
Doi porque por uma idiotice sem tamanho, uma infantilidade sem igual, eu nem fui comunicada, nem um telefonema, nem um convite, nem um nada, sobre o dia em que minha sobrinha nasceu!
Sim. Eu já sabia que não fazia mais parte da FAMÍLIA FELIZ há um tempo, um bom tempo. Mas não estava mesmo preparada pra isso.
Famílias não são descartáveis, onde você usa aqui e joga ali e tudo muda!
Isso tem me provocado muitas coisas há quase um ano!
Isso e mais coisas tem me provocado muitas coisas há mais tempo! Provocam em todo mundo né?!
Até quando? Provocações desnecessárias, sofrimentos?
Só sabe como as coisas realmente são, quem convive diariamente né? Ou conviveu ao longo dos anos.
Viver uma vida toda de amarguras e rancores? Não é pra isso que viemos!
Conheço outros casos de pessoas, muito próximas que estão sofrendo muito por questões tão esdrúxulas, de preconceitos ferrenhos, de pessoas que agem como se vivessem no século X! Onde uma simples aceitação seria o suficiente. Simplesmente aceitar como o outro é, suas escolhas, vontades, suas próprias felicidades! Mas ao invés disso algumas pessoas lutam com todas as forças e fazem de tudo pela infelicidade alheia, porque não obedece aos seus paranoicos padrões!
" Toda vez que alguém combate com exagerada veemência determinados traços dos caráter de alguém, projeta-se nele" - Joanna de Ângelis
Nós realmente conhecemos as pessoas nas situações mais difíceis das nossas vidas. Infelizmente no mundo em que vivemos, mais tem valor um amigo de internet do que o próprio irmão! As pessoas não falam mais das suas vidas, do seu dia, suas angústias, medos ou das coisas boas que lhe acontecem (se é que falaram um dia) - falam da novela, do capítulo de ontem, do que vai acontecer, dos absurdos e desejos da vida de mentirinha. E a vida real? Ei, e os seus "vilões" e "mocinhos" internos?

Uma simples frase, uma discussão é motivo pra virar a cara por anos! E com pessoas que convivemos por anos! Que isso? As pessoas tem 30, 40 anos de idade ou 7, 10?    o.O

Eu espero sinceramente que um dia o "SANGUE", o AMOR ou pelo menos tudo que vivemos um dia com uma pessoa ligada à nós valha algo. Não viemos unidos em laços a toa! Que coisas tão absurdas e idiotas não estraguem momentos tão importantes e mágicos. Quando o contrário acontece, vidas são devastadas, de verdade.

Espero um dia poder viver feliz e tranquila. Respirar bem. Dormir bem. Sei lá. Ter a certeza que vivo com dignidade e que sou tratada como Ser Humano. Sem ninguém tentando passar por cima da mim no trânsito ou virando a cara porque teve seu orgulho ferido numa discussão (onde orgulhos de ambas as partes são feridos) ou com vingancinhas bestas. Que todos sejam tratados assim... com dignidade.... um dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.