sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Leveza - Cecília Meireles (Começando bem 2010!)

Estou me sentindo em um momento muito leve e consequentemente muito bom!
Por vários motivos, dentre eles, por tanto coisa inútil ter ficado pra trás, no tempo e na alma!
Portanto, à altura de minha leveza, um belíssimo poema de Cecília Meireles; no qual juntamente de Clarice Lispector, me servem de modelo para o que quero pra mim como escritora. Nossa... se for metade do que elas foram ficarei feliz!

FELIZ 2010. Que ele seja bem mais leve!


Leveza


Leve é o pássaro:
e a sua sombra voante,
mais leve.

E a cascata aérea
de sua garganta,
mais leve.
E o que lembra, ouvindo-se
deslizar seu canto,
mais leve.
E o desejo rápido
desse mais antigo instante,
mais leve.
E a fuga invisível
do amargo passante,
mais leve.

Cecília Meireles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.