domingo, 7 de novembro de 2010

A doce arte de se entregar

Por que palpitação repentina, suspiro e vazio interno?
Vontade que me consome, tira meu sono, me faz esquecer quem eu sou; ou me mostra minha verdadeira identidade...
Ao mesmo tempo que quero mudar, quero me jogar e fazer tudo que me dá vontade.
Sentir, aproveitar, me entregar ao máximo nesse balé ritmado por respiração intensa.
Eu quero fugir de mim e quero me encontrar.
Não sei qual desses caminhos me dirá quem verdadeiramente sou.
Queria poder ser tão intensa quanto meus desejos.
Queria deixar a mansuetude e a diplomacia de lado.
Queria me entregar verdadeiramente ao que almejo.
Queria não pensar um instante sequer e apenas sentir!
Esse querer me tira o fôlego e me deixa sem ar.
Palpitação repentina que pede por algo nunca vivenciado.
Uma vida planejada que clama por se desfazer.
Queria poder uma dia deixar de pensar...
E fazer meu corpo e espírito sentir a doce arte de se entregar!

Gabriela Grecco
07/11/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.