terça-feira, 11 de outubro de 2011

Eu sinto. Eu Sou.

Sinto no peito uma voz que clama!
Um grito ardente que quer sair!
A mente em brasa
O corpo pulsante.
Sinto no peito a dor de quem quer falar
A angústia de quem quer se aceitar
A vontade louca de se assumir.
Sinto no corpo toda essa voz que me chama
Que me diz que as coisas assim serão
Mesmo eu não querendo aceitar algumas vezes.
Sinto que quero desesperadamente gritar pro mundo todo
Quero me libertar desse casulo
Simplesmente me jogar.
Sinto essa "angústia angustiante"
Essa voz freneticamente pulsante
Que não para de gritar
Grita dia e noite
Grita sem parar
Tenha coragem minha filha
Vá lutar!
Sinto
Sinto tudo isso e muito mais em mim
Sinto como se fosse explodir
Da pressão que eu mesma criei
Felicidade foi sim minha palavra de ordem
Mas eu preciso ser mais fiel comigo mesma.
Continuar a ser feliz vai me custar
Custar parar de apenas sentir
De começar a gritar
Por a cara pra bater
Ter coragem pra valer
De abrir mão de tanta coisa que amo!
Mas eu sinto
Sinto muito por nem tudo ser como eu gostaria
Sinto nem sempre poder transmitir alegria.
Sinto essa voz que grita dentro de mim
Mas quando ela vai sair enfim?
Sinto
Mas preciso ser fiel com que eu SOU!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.