quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Ponto Final. Recomeço!



A partir de agora um ponto final estabeleço
E determino um recomeço de sonhos almejados!
Cansada estou de ser sempre assim
De não ir até o fim
De não sorrir de modo sincero
A poesia presente em mim
Deve se tornar palpável
Maleável e visível aos olhos
Pois de nada adianta sonhar!
De nada adianta almejar
E seguir sempre sofrendo
Vivendo uma vida comum
Uma vida pacata
Uma vida "sensata"
Sem supresas ou improvisações
Eu respiro, eu sonho
Eu vislumbro a poesia presente na vida
Que não está presente na minha!
Preciso materializar esta magia
Construir algo real
Fugir do banal
E fazer acontecer o que há de bom em mim
Eu quero, eu posso, eu sou!
Materializar tudo isso eu vou!
E viver em paz enfim
Com esse desejo ardente dentro e fora de mim!

Gabriela Grecco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.