segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Busco



Busco o suspiro
A energia que renova
O clima leve

Busco o toque jamais sentido
Busco a leveza da alma
Busco a realização
Renovação!

Busco tanta coisa interiormente
Muitas contidas somente em minha mente
Nada maluco, nem demente!
Busco os dias de glória enfim!

Eu busco algo inabitado
Busco muito além do fracasso
Busco o singelo
E a sinceridade pueril

Quero buscar, me desamarrar
Das armadilhas que eu mesma criei

Um espírito e vida leves
É o almejado por mim

Busco o olhar
A sensação
Busco tudo que não obtive em minhas mãos

Eu busco
Por todo canto
Todo lugar
Mas agora não é mais uma busca tão imatura
É buscar subliminar

Eu busco almas que buscam o mesmo que eu
Eu busco o real
Nada ficcional, imaginário
A verdade enfim!

Você sabe o que busca quando admite a verdade pra si
No fundo todos sabem o que buscar
Está no nosso interior
Mas é mais fácil não enxergar!

[Mais doloroso também]

Busco e admito hoje essa busca para mim
Que meu caminho não seja desviado
Que não me sinta amedrontada
Nem em uma busca sem fim

Apenas Busco!


Gabriela Grecco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.