sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

APESAR DE TUDO, SINTO-ME PREENCHIDA!

Sabe, apesar de tanta coisa chata quando nos reunimos em família, cheguei à conclusão de que muitas vezes vale a pena.
Suportei sertanejo, funk, pagode e um monte de assunto estranho, histórias bizarras e meus primos cada vez mais esquisitos, rs... Mas, mesmo querendo de início sumir de lá, estou me sentindo bem por ter visto tanta gente que há tanto tempo não vejo.
As coisas, pessoas e situações chatas fazem parte da vida.
Hoje relembrei por um breve momento dos anos em que éramos crianças e o natal era feito em casa, com todos reunidos e eu vestida de mamãe noel, rs... É... Meus pais faziam eu fazer isso todo ano e eu gostava! rsrsrsr... Era a atração da festa. Engraçado eu ser a "artista" da família hoje, rs.
Mesmo assim o Natal não tem mais a graça e importância que merecia ter hoje. Ao invés de falarem o porquê da data, ficam todos se embebedando, falando merda, dançando músicas esdrúxulas e fúteis.
Mas... valeu a pena ter visto todos, independente de ter me sentido mal muitas vezes, valeu! A família, é algo que não deve ser esquecido. Nos chateamos, magoamos, suportamos muitas coisas, mas não devemos jamais esquecê-la. Principalmente em um dia onde o nascimento do maior líder que já existiu no mundo é celebrado. Aliás, deveria ser celebrado. Infelizmente é mais uma data que foi banalizada.
As pessoas tem vergonha e preconceito em falar de Deus, religião e etc. Mas, Jesus deveria ser lembrado, mencionado e admirado, pelo menos pelo Ser Humano que foi. Não precisa falar em Deus ou religião para falar nele, basta apenas ver seu amor, sua liderança e sua confiança em todos nós. Ele morreu na cruz pelo que acreditava e nós além de não acreditarmos em nada, morremos a cada dia por razões banais, como bebidas, drogas, etc... Inclusive no Natal!
Morremos pela falta de sonhos e ideais e pela dor do vazio interior. Deveríamos nos apegar aos seus ensinamentos para viver cada vez mais felizes!
As pessoas idolatram e seguem artistas que morreram por beber demais, se drogar em excesso ou os que ainda estão vivos dando "exemplos" de como não viver uma vida e tornar tudo, inclusive o outro, descartável. Mas não seguem os ensinamentos do maior exemplo de caridade e amor que já existiu. Que aliás, morreu por acreditar no bem e não por egocentrismo. Não há nem o que dizer sobre a diferença de alguém que foi morto pelo bem que fez ou de alguém que se matou porque não tinha mais merda pra fazer na vida, onde acabar com ela era o que faltava!
Que neste (ainda da tempo) e nos próximos Natais, possamos lembrar do seu maior ensinamento: Amar ao próximo como a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas.
Eu sinceramente senti hoje o que isso significa e estou me sentindo bem. Bem por ter passado uma noite relativamente chata, mas com minha família toda reunida! Tanta faz se os outros não tem essa consciência, importa que pude pensar nisso tudo essa noite toda e sair do meu pedestal de arrogância. Quanto maior o conhecimento, maior a cobrança! Estou aceitanto mais o limite de cada um, inclusive o meu.
Acho que realmente estou degustando minha vida!

FELIZ NATAL!

Que assim seja!

Um comentário:

  1. Amar
    verbo intransitivo
    amar uns aos outros
    com a pureza da natureza e da verdade
    Morre é destino
    amar tambem pode ser
    é

    ResponderExcluir

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.