quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Fígado

Retirado de dentro
Cheiro de sangue
Podre, morto, gosmento
O pedaço de vida-morte que não me habita mais
O pedaço que não coloco mais pra dentro de meu Ser
Odor cru
Odor frito
Odor aquecido
Pressão cai
Branca, Pálida
Ânsia desenfreada
Vontade de vomitar alucinada
Seria melhor se tudo de dentro de mim saísse
Expulsasse o cadavérico que em forma de pensamentos, energias e odor em meu Ser adentrou!
O Fígado do animal que a vida por ele perdeu
Por cada pedaço do corpo seu
Natureza que não pode completar
Ciclo Divino
Ciclo Salutar
O Fígado que se regenera
O Animal que provavelmente não se regenerou
Tempo não teve
Não optou
E tanta gente opta por não se regenerar
Tanta gente opta por abreviar
Talvez se colocassem para dentro menos podridão
Se regenerariam
Perdoariam
Obteriam Perdão
O Fígado que pela sua presença me fez mal
Por tudo de ruim que há impregnado em si
Seu Odor marcante
E aspecto repugnante
Fígado que veio de dentro
Fígado do Mundo
Fígado "suculento"

...


FÍGADO



Gabriela Grecco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.